O Conflito entre o Bem e o Mal

O domínio de Deus é demasiadamente profundo para a compreensão do homem comum. Especialmente, desnortear e tentar é o constante conflito entre aquilo que pessoa chama de “bom” e aquilo que sente como “mau”. Além do mais, o bem e o mal são relativos e não podemos tirar conclusões precipitadas a respeito do bem ou do mal das coisas. As forças malignas, por mais devastadoras que sejam, servem frequentemente como meio para disciplinar o espírito, fortalecendo as pessoas úteis, criativas e capazes. Nesse sentido, essas forças podem ser consideradas como uma espécie de esmeril que serve a um fim benéfico.

O bem está destinado à vitória final; caso contrário, a vida na Terra seria totalmente dominada pelo mal e tanto a humanidade como o planeta pereceriam.

Durante a Era da Noite, as forças destrutivas frequentemente venciam as construtivas. Isso se refletiu no mundo material sob forma de infortúnios, catástrofes e misérias de todos os tipos, prejudicando o bem-estar de pessoas aparentemente boas. Agora, entretanto, que a Nova Era da Luz está em seu alvorecer, a essência do mal será gradualmente evidenciada e perderá seu poder. As forças Divinas conquistarão a supremacia e estabelecerão novas e benéficas condições sociais.

Uma das características das forças malignas é a sua persistência. Vencendo ou perdendo, jamais desistem. É justamente o que produz o contínuo aprimoramento e fortalecimento da parte construtiva. Na Nova Era, continuarão existindo forças negativas, mas estas terão pouco poder.

No que se refere à nossa luta contra o mal, permitam-me insistir em dois pontos. Primeiro: não temam as forças das trevas. Segundo: não critiquem os outros como sendo instrumentos das forças malignas. Não podemos ter certeza de que o sejam e, ao tentar julga-los, invadimos o domínio de Deus. Devemos usar a sabedoria e proceder de acordo com cada situação particular. Quando necessário, devemos retroceder e não avançar. Mesmo que o mal pareça triunfar durante algum tempo, acabará sendo derrotado.

Na Nova Era, quando as forças construtivas assumirem o controle total e tiverem desalojado as forças destrutivas, será concretizado o Paraíso na Terra.

Os Novos Tempos

121 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário