Banner para posts
Ana Mandamule – JC Jardim – Moçambique

Chamo-me Ana Armando Mandamule. Conheci a Igreja Messiânica em 2010 por intermédio da minha irmã.

Há algum tempo atrás, percebi que a minha saúde não estava bem. Contudo, achei que era algo passageiro, apesar de estar a perder peso, ter falta de apetite, insónia e tosse persistente.

Ao perceber que eu não estava bem, o Ministro chamou-me para conversar e orientou-me a dedicar na limpeza profunda, leitura e prática dos ensinamentos de Meishu-Sama e em fazer as outras pessoas felizes. Durante a conversa que tive com o Ministro, não cheguei a abordar sobre a minha saúde porque eu achava que estava bem. Cumpri com as orientações dadas e tive uma purificação severa. A doença agravou-se, a tosse tornou-se mais dolorosa e com gotículas de sangue e escarro.

As presenças das gotículas de sangue deixavam-me cada vez mais preocupada e cheguei a pensar: “Estou a morrer!”.  Falei com a responsável e ela orientou-me a ir ao hospital o mais urgente possível, para fazer o teste de tuberculose. Dirigi-me aos recursos humanos do meu serviço para pedir uma dispensa para ir ao hospital, mas, não tive sucesso.

Fiquei angustiada, chorava de desespero e já tinha medo de dormir sozinha. Mas, ainda assim, não parava de orar. Finalmente, a minha patroa percebeu que eu não estava bem e mandou-me voltar para casa.

Assim, no dia seguinte fui ao hospital, onde fiz o teste de tuberculose que deu positivo. Agradeci e comecei com o tratamento.

Durante o tratamento, em conversa com um amigo, pude perceber que não estava a me medicar de forma correcta e isso iria contribuir par criar resistência ao bacilo da tuberculose. Por conta disso, sentia dores fortes nas articulações, mal conseguia andar, levantar da cama e subir degraus. Por conta dessas dores, a enfermeira disse que iria me internar, mas, tudo dependia do resultado do teste de controle.

Desesperada, fui ter com a responsável que orientou-me a dedicar na sede central.  Confesso que não foi fácil subir no chapa (transporte colectivo) com aquelas dores todas. Porém, esforcei-me e as dores foram diminuindo gradualmente. Para a minha surpresa, voltei a fazer o teste e deu negativo, graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama!

No meu serviço, exigiram um comprovativo para eu voltar ao trabalho, mas, no hospital estavam a dificultar. Os meus colegas ligavam a informar que o meu lugar estava ocupado. Continuei a dedicar e, depois de 1 mês, recebi o documento. Graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama!

Voltei a trabalhar e a enfermeira disse para voltar a testar após 6 meses, para poder ter alta se estivesse curada. Assim o fiz e graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama, deu negativo! Hoje, estou saudável, agora como e durmo perfeitamente!

Aprendi que, cumprindo com as orientações dadas, sem vacilar, a nossa vida melhora!

Agradeço ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigada!

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Leia também:

É Possível Mudar o Destino Livremente

Como todos sabem, desde os tempos antigos, o ser humano costuma resignar-se a tudo – seja a uma situação boa ou ruim – atribuindo o desenrolar dos acontecimentos ao destino, definindo-o como “algo que não pode ser mudado”.

Leia mais »

A Compreensão e a Postura Correcta

Muitos são os que perguntam: “O Johrei é eficiente, independentemente do fato de nele acreditarmos ou não?” A resposta é sim e é não, pois é verdade que o seu poder atua independente da nossa crença.

Leia mais »