Francisco Augusto Mingana Matine – JC Maxaquene – Moçambique
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Chamo-me Francisco Augusto Mingana Matine, tenho 59 anos de idade. Sou membro da igreja desde o dia 16 de julho de 2017 e dedico no Johrei Center de Maxaquene, onde estou enquadrado no grupo Lua.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Moçambique por intermédio de duas missionárias de nossa igreja.

Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram de doença da minha esposa, conflitos familiares e desemprego que estão sendo ultrapassados com o cumprimento das práticas básicas da Fé messiânica.

A experiência de fé que passo a partilhar está relacionada com o poder do Johrei e dedicação.

Sendo um dos integrantes do grupo Lua, tenho participado das suas dedicações semanais num hospital, precisamente no departamento de oncologia. Lá, além de distribuir flores de luz, fazemos orações e ministramos Johrei aos enfermos, bem como ao pessoal médico. Além desta atividade, também marchamos nas casas uma vez por semana no bairro de Xiquelene, bairro este que foi almejado para o reencaminhamento de membros afastados e abertura de novos lares para o acompanhamento.

Eu tenho me esforçado bastante em participar de todas as atividades com entusiasmo, alegria e muita gratidão, junto com os meus antepassados. Como resultado, eu tenho vivenciado inúmeros milagres, alguns dos quais passo a citar.

O grupo, devido à constante assistência religiosa no hospital, ganhou um livre trânsito para o acesso aos quartos dos pacientes, mesmo que seja fora do horário normal de visitas. Sentimos que o pessoal médico, bem como os pacientes, estão mais recetivos, o que é perfeitamente notável através dos semblantes. Vários doentes têm tido altas inesperadas devido às rápidas melhorias de saúde e alguns demonstram interesse em conhecer a igreja.

Em fevereiro deste ano, pude vivenciar uma experiência marcante, pois a minha neta, de apenas 2 anos de idade, estava hospitalizada devido à fortes dores de estômago, que lhe atormentavam há cerca de 5 dias. Fomos ao hospital para dar-lhe assistência religiosa e aproveitamos para ministrar Johrei em outras crianças também internadas, com a mesma condição que minha neta. Graças ao Johrei, todas elas tiveram alta devido a melhoria espontânea de saúde, até mesmo antes da minha neta.

Nesta pandemia pude intensificar as dedicações no meu lar e vivenciei 2 experiências marcantes.

A minha esposa queixava-se de dores intensas no joelho há alguns meses e apesar de ministrá-la Johrei constantemente, as dores não cediam. Agora neste período de quarentena, passou a queixar-se também de fortes dores de cabeça e em todo o corpo e também tinha febres altas. Pedi então ao Messias Meishu-Sama que me utilizasse como seu instrumento e ministrei-lhe Johrei durante cerca de 3 horas antes de dormir. Imediatamente, as febres baixaram e no dia seguinte, logo pela manhã, continuei ministrando bastante Johrei para ela. Após um bom tempo de Johrei, ela mostrou-se bem-disposta e sem dores nenhumas. As dores que sentia no joelho cessaram por completo, de tal modo que conseguiu realizar as suas tarefas domésticas normalmente.

Há cerca de dois meses que eu venho ministrando Johrei na nossa secretária doméstica e recentemente, conversando com ela, perguntei-lhe, como de costume, como estava a sua família. Para a minha surpresa e gratidão à Deus e Meishu-Sama, ela disse-me que desde que começamos com as orações e Johrei frequentemente, a sua filha que vinha sofrendo com asma desde criança, tem manifestado melhorias consideráveis. Já não tem tido as crises e esta notícia, deixou-me muito feliz por se tratar de um milagre operado através do Johrei, motivo pelo qual estou muito grato ao Supremo Deus e Messias Meishu-Sama por utilizarem como instrumento.

Por todas estas graças recebidas, materializei o meu donativo especial de gratidão e estou a me empenhar em levar a luz do Messias ás outras pessoas.

Com esta experiência de fé, aprendi que com a intensificação do Johrei, realmente podemos ultrapassar os nossos problemas e alcançar o verdadeiro caminho da felicidade. Aprendi ainda, que é muito importante cumprir com as orientações dadas.

O meu compromisso é me esforçar para cumprir cada vez mais as orientações recebidas pelos nossos superiores, praticar o dízimo corretamente e dedicar com maior intensidade.

Já me cadastrei, tenho a horta caseira feita, encaminhei mais de dez pessoas, tenho a Imagem da Kannon e atualmente estou a cuidar de uma família.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama, aos meus ancestrais e antepassados.

Agradeço também a nossa ministra responsável pela atenção e orientações dadas em particular pela assistência religiosa no hospital durante o internamento da minha neta a pequena Syane, que actualmente está bem de saúde, a minha profunda gratidão se estende a toda rede da salvação do grupo Lua do J.C. Maxaquene.

Aos Ministros, Missionários, Membros e frequentadores o meu mais profundo agradecimento.

Leia também: