Manuel Tomé da Cruz Monteiro – CA Almeirim – São Tomé e Príncipe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Chamo-me Manuel Tomé da Cruz Monteiro, sou membro, trabalho como segurança do centro de aprimoramento de Almeirim e dedico como encarregado das hortas caseiras.

A experiência de fé que vou compartilhar com os senhores, está relacionada com o meu despertar para desapegar e participar na construção da Sede Central da Igreja Messiânica Mundial de São Tomé e Príncipe!

No âmbito da campanha lançada para a prática do donativo especial para a construção da nossa sede central em palmar, senti-me de certo modo engajado para participar. Porém, tinha um apego muito forte. Ouvi várias experiências de fé dos que participaram, mas, o apego não me deixava participar. No início do ano em curso, firmei um compromisso que iria materializar um donativo especial de construção dirigido à sede central, com a totalidade do meu salário mensal com o objectivo para a salvação e elevação dos meus antepassados que ainda se encontravam no fundo do poço, sofrendo com apego.

Apesar disso, o apego falava sempre mais alto. Pois, tinha desconfiança se não haveria de passar por aperto financeiro e passar fome se fizesse o donativo de todo o meu salário, uma vez que não me disponho de outra fonte de sobrevivência. Contudo, a experiência de fé da irmã Georgina Menezes, passada num dos cultos, relacionada com o donativo de construção para a sede central, ajudou-me a refletir imenso sobre mim mesmo enquanto membro, com compromisso assumido com Meishu-Sama! Após esta reflexão e partindo da experiência da nossa irmã, entendi que deveria esforçar para concretizar o meu compromisso firmado, sem medo, junto com O Supremo Deus, Messias Meishu-Sama e os meus antepassados.

Foi com esse sentimento que, ao receber o meu salário do mês de fevereiro, falei com o responsável da unidade sobre a minha decisão e pedi que me acompanhasse ao altar para concretizá-lo. Juntos, oramos e materializei o donativo proposto com gratidão por ter conseguido desapegar e participar na construção da sede central com esse donativo especial.

Conclusão:

Não passei por grandes apertos ao ponto de dormir com fome conforme imaginava. Isso porque fui convidado várias vezes para fazer pequenos trabalhos (biscates) que me permitiam sempre ter algum dinheiro!

Eu, que outrora não conseguia economizar o que recebo, hoje estou mais folgado! Apesar de certas purificações, sinto-me bem feliz e grato por ter conhecido esse caminho e por estar a participar na obra do Messias Meishu-Sama!

Aprendi que não devemos ter medo e desconfiança na prática de qualquer orientação que recebemos. Aprendi também que, dentro do seu limite, cada um deve se esforçar para fazer a sua parte!

O meu compromisso é continuar a honrar com a participação na construção do Paraíso na terra, a fim de cumprir a minha missão!

Agradeço a Deus e ao Messias Meishu-Sama por esta grande permissão de servir na Obra Divina junto com os meus antepassados!

A todos que me escutaram, os meus sinceros agradecimentos!

Muito Obrigado!

Leia também: