Ser Amado Por Deus

A essência da fé, em poucas palavras, é “ser amado por Deus” isto é, “ser do agrado de Deus”. Então, surge a seguinte questão: que tipo de pessoa Deus ama? Antes de esclarecer isso, porém, existe algo que é preciso saber em relação à missão da nossa religião.

O Fim do Mundo ou Juízo Final, mencionado por Jesus Cristo, e a Destruição da Lei Búdica, anunciada por Buda Sakyamuni, são fatos que estão prestes a ocorrer. Em relação a isso, divindades e budas, com seu grande amor misericordioso, desejam que o maior número de pessoas consiga ultrapassar o momento crítico que o mundo vivenciará. E como Deus fará isso? Naturalmente, Ele actuará por meio do ser humano, e acredito que fui escolhido para ser o responsável por esta grande missão.

Uma vez que se trata de uma missão extraordinariamente grande, jamais vista ou ouvida, não consigo deixar de me perguntar se não seria pesada demais para uma pessoa comum como eu. No entanto, como essa missão me foi confiada pelo grandioso Deus, fiquei sem alternativa. No início, duvidei e até resisti, mas não tive como recusá-la. Deus me maneja livremente. Não foram poucas as vezes em que Ele me fez sentir alegrias extremas e também enfrentar situações de intenso sofrimento. Cada vez que isso ocorria, percebia que Sua forma de actuar é profunda e misteriosa, causando-me uma indescritível sensação, um misto de alegria e gratidão, que pode ser chamado de sabor da vida. É difícil expressar isso em palavras. Fico a pensar se mais alguém na face da Terra já teve tal sensação.

Voltando ao assunto principal: o que se deve fazer para ser do agrado de Deus? Saber isso é essencial. Para ser do Seu agrado é preciso, antes de mais nada, procurar não fazer aquilo de que Deus não gosta. Ao contrário, deve-se empenhar ao máximo naquilo que Lhe agrada. Qualquer pessoa sensata sabe que Deus não gosta de ações que estejam em desacordo com o caminho(20), ou seja, mentir, fazer os outros sofrer, causar transtornos à sociedade etc. Actualmente, é grande o número de pessoas que não se importam com o próximo e pensam apenas em si, manifestando isso em atos. E não há nada pior do que isso! Agindo assim, é impossível ser do agrado de Deus. Por tal motivo, cada um precisa saber se está sendo do agrado de Deus ou não. E como discernir isso? É algo extremamente simples, rápido e não dá trabalho. É possível sabê-lo de imediato. Explicarei a seguir.

Quem não está no agrado de Deus, geralmente comenta: “Para mim, nada dá certo. Sofro com problemas financeiros. Meu trabalho não vai bem. Ninguém confia em mim. As pessoas se afastam, e minha saúde também não é boa. Realmente, não entendo por que as coisas não correm satisfatoriamente comigo, apesar de eu me empenhar tanto.” Essa situação é porque a pessoa não está no agrado de Deus. Todavia, se ela estiver, o trabalho fluirá muito bem, inúmeras pessoas se aproximarão, a ponto de ela não ter sossego e obterá recursos materiais em abundância. O mundo, então, se tornará um lugar muito agradável de se viver.

Assim, creio que o leitor deve ter compreendido que a fé só passa a ter valor quando as pessoas se tornam felizes.

Portanto, saibam que, se apesar de professar a fé, a pessoa não alcançar a felicidade, é porque, infalivelmente, a causa reside em seu íntimo.

25 de maio de 1949

Alicerce do Paraíso vol. 3 pág. 24

(20) Caminho: conduta esperada de um ser humano em termos de ética e moral.