A Parábola da Espada

Desde os tempos antigos, para se fazer uma boa espada é necessário caldear o ferro até a incandescência, batê-lo com martelo sobre uma bigorna e, em seguida, mergulhá-lo na água. Repete-se várias vezes essa operação para forjar uma espada. Acho esse processo muito interessante, pois também pode ser aplicado à vida do ser humano.

Após sua instituição, com o decorrer do tempo, nossa religião tem recebido tanto elogios quanto críticas e ataques. Diversas vezes fomos lançados à água escaldante e mergulhados na água fria.

Muitas vezes, as pessoas me perguntam: “Por que ocorrem tais factos?” Como resposta, apresento-lhes o exemplo do caldeamento da espada, e elas compreendem facilmente.

Desde os tempos mais remotos, quem realiza um trabalho extraordinário, sem exceção, passa por provações semelhantes ao processo de forjar uma espada. Analisando sob o aspecto religioso, isso significa que Deus impõe maiores dificuldades a quem tem maior missão. Portanto, ao contrário do que pensamos, devemos no alegrar.

Ensinamentos Divinos Volume Sobre Religião, 1949

Vol. 4

276 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário