Ministro Laurindo da Silva – CA Sumbe

Chamo-me Laurindo Bambi da Silva e sou ministro assistente. Actualmente dedico como responsável de expansão na Província do Kwanza-Sul.

A experiência de fé que relato, está relacionada com a importância do donativo especial para a construção do Solo Sagrado de África, como devemos encarar as reacções que advierem dessa dedicação e ao aprofundar na Prática Do Johrei.

 Por causa da crise económica que afecta o nosso país, vimos comprometida a conclusão da obra de construção da nossa casa e adiado o sonho da casa própria. Então, decidimos vender a nossa viatura a fim de impulsionar a conclusão da obra. Porém, inexplicavelmente, os clientes só mostravam interesse e não concretizavam o negócio.

Baixei o preço da venda, mas, mesmo assim estava difícil! Decidi então não vender mais e continuar tal como comecei a obra. Mas, em setembro do ano passado, fui nutrindo o desejo de agradecer a Deus e a Meishu Sama pelos 15 anos que venho sendo utilizado na Sua obra como instrumento.

Quando vi numa publicação, no grupo de ministros do WhatsApp, a chegada dos nossos primeiros pilares da vedação do nosso Solo Sagrado, fiquei muito emocionado! Ao partilhar com a responsável de um dos Johrei Center, ela emocionou-se também!

A partir daí, foi aumentando a minha intenção de participar. Voltei a fazer a publicidade da venda do carro e logo apareceu um interessado, com quem acabamos por nos encontrar e fechamos o negócio.

No dia que fez o pagamento, calhou que a minha esposa, que acompanha a obra, estava a preparar-se para deslocar-se à mesma ao encontro dos mestres.

Assim que fiz a transferência do dinheiro na conta da construção do Solo Sagrado, a minha esposa, ao chegar no local da obra, deparou-se com o inesperado: cerca de 2 mil blocos foram roubados do local! É de salientar que aqueles blocos, que eram acima do número mencionado, estavam na obra há 5 anos!

Depois que a minha esposa comunicou que os blocos tinham sido roubados, pedi a ela para agradecermos pela purificação. Mesmo não entendendo, ela agradeceu junto comigo! Neste momento, só não avançamos com a obra porque nossa primogénita se casa em junho deste ano e todas as despesas estão direcionadas para a realização da cerimônia. Logo após o casamento, vamos dar sequência na conclusão da obra!

Na semana a seguir, comecei a sentir fortes dores nas costas! Essa mesma dor já sentia anos atrás, mas, desta vez vieram com muita força, ao ponto de não poder exercer as minhas atividades habituais. As dores foram se agudizando ao ponto de passar noites em claro.

Com o meu desespero com sucessivas purificações, aproveitei para pedir ao meu superior que me ajudasse a entender o que estava a passar-se de forma intensa e sucessiva.

Ao chegar na cidade do Lobito, já em casa, recebi o telefonema do Reverendo Claudio Pinheiro, procurando saber como eu estava a passar. Expliquei detalhadamente e ele por sua vez perguntou se eu estava a receber Johrei, durante quanto tempo   e com qual frequência. Respondi-lhe que recebia, de vez em quando, por 30 minutos. Ele disse-me que eu devia receber, pelo menos, 1 hora de Johrei todos os dias, ter cuidados com a alimentação e estudar os ensinamentos de Meishu-Sama diariamente.

Como eu já havia idealizado fazer uma consulta, dirigi-me a uma clínica. O médico disse-me que tenho um abcesso chamado lipoma. Segundo ele, o mesmo abcesso estava numa zona sagrada e era urgente a cirurgia. Mas, ele sugeriu que eu consultasse um médico-cirurgião. Aceitei a sugestão e após a consulta e exames feitos, o médico-cirurgião deu o mesmo diagnóstico que o anterior, aconselhando-me também a retirada do abcesso.

Atendi logo à sua sugestão e, mesmo com medo da operação, fui até a secretaria da clínica me inteirar do valor da cirurgia. Disseram-me que eram necessário 621 mil Kwanzas. Visto que seria impossível juntar esse montante, voltei para casa e continuei a receber Johrei.

Após um mês de recebimento de Johrei, comecei aos poucos a sentir-me aliviado. Passado um mês e duas semanas, já estava a sentir-me recuperado, até à data presente! Já retomei as minhas atividades com a intensidade que elas exigem e também voltei à academia!

Estou a treinar sem qualquer limitação, obviamente dentro dos meus limites.  Aos domingos à tarde, aceitei o desafio dos mais jovens para fazer uma corrida de 12 km sem qualquer problema!

Mudanças

Retomamos o trabalho da expansão da Obra Divina para as comunas, retomamos também o trabalho das obras de conclusão dos Johrei Center dos municípios da Gabela, Seles e Porto-Amboim.

Tínhamos dificuldades em juntar dinheiro e retomar os trabalhos de reabilitação do Centro de aprimoramento, mas, neste momento já estamos em condições de retomar as obras. Até o indivíduo que assaltava o CA e nos tirava o sono, foi assaltar um comerciante e este colocou a polícia à procura dele. O mesmo meteu-se em fuga, e até ao momento está em parte incerta do país.

Agradeço a Deus e ao Messias Meishu-Sama por me conceder a graça de ser utilizado como Seu instrumento no Seu projecto de construir o Paraíso Terrestre.

O meu compromisso é continuar a participar activamente na construção do Solo Sagrado, e com as minhas experiências contribuir para despertar nos jovens o sonho de construir o primeiro Solo Sagrado de África!

123 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário