Conceição Lucas – NJ Mutema – Luanda

Chamo-me Conceição Morais Lucas, sou frequentadora há 3 anos e dedico como assistente do grupo terra.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com o donativo, vivência da flor e prática da horta caseira.

Tive a permissão de passar a vender na praia da Samba (Mabunda). Não conseguia ter tempo para dedicar devidamente e não estava a fazer os donativos diariamente. Com isso, o meu negócio, de uma hora para outra, parou de render. Não estava a receber a minha parcela na quixiquila que estava a fazer e consequentemente o negócio foi por água abaixo (faliu). Neste quadro de dificuldades, refleti e entendi que isso era resultado de não dedicar, bem como, não fazer os donativos corretamente! Assim, minha mãe me sugeriu que começasse a vender em casa e assim o fiz, começando também a fazer os donativos diariamente. Após começar a fazer os donativos, o negócio começou a crescer repentinamente!

A minha tia, que vivia com fortes conflitos conjugais, após fazer a vivência da flor no seu lar, o marido voltou e passou a ter harmonia em casa.

Uma amiga de nome Aida, que vivia lutando com o marido, encontrou-me e relatou pelo que estava a passar. Ela também disse que queria trabalhar, mas não encontrava trabalho. Após a vivência da flor, hoje já reina harmonia e tranquilidade no seu lar e ela conseguiu um emprego.

Num belo dia, estava em minha casa, e a irmã da minha vizinha que vive no mesmo quintal que eu, veio até mim, muito aflita e agitada. Começou a contar-me os seus problemas, sem eu pedir qualquer explicação. Ela contou o que estava a passar e no final eu disse que era da Igreja Messiânica e, por ainda ser frequentadora, não poderia lhe ministrar Johrei, mas podia lhe oferecer uma flor! Após receber a flor, ela ficou mais calma e foi para casa tranquila, agradecendo muito pelo gesto e pelas flores.

No final de Maio do ano corrente, levantei cedo da cama, preparando-me assim para ir à igreja participar do desafio. O meu marido, que não aceitava que fosse à igreja, perguntou-me para onde ia. E respondi que ia ao desafio. Ele voltou a dormir sem dizer qualquer palavra ou barrar-me. Importa frisar, que depois dos constantes desafios na igreja e limpeza em casa, ele não mais voltou a me impedir de ir à igreja.

Certa vez, estava a purificar com febre, fortes dores de cabeça, gripe, muita dor nos membros superiores, inferiores e na coluna. Nasceu em mim o sentimento de mexer com a horta caseira, mentalizando que estava a receber Johrei por meio das flores da horta. No dia seguinte, às 6h voltei a fazer o mesmo e no terceiro dia também. Após esses três dias, todas as dores, inclusive a febre, passaram como se o vento tivesse levado!

Como gratidão, materializei um donativo de gratidão.

Aprendi que todas as práticas básicas são essenciais para o nosso aperfeiçoamento pessoal e espiritual e que realmente o donativo salvo!

O meu compromisso é de aprofundar na diretriz do momento, levar a palavra do Messias Meishu-Sama onde quer que haja pessoas, dedicar incansavelmente para a conversão do nosso núcleo de Johrei para Johrei Center, participando assim na sua construção! Meu desejo é tornar-me membro para melhor servir na Obra Divina!

Agradeço a Deus e aos Messias Meishu-Sama pela permissão de participar na Construção do Paraíso Terrestre!

Muito obrigada!

59 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário