Derrota dos Espíritos Malignos

É do conhecimento de todos que Jesus Cristo foi tentado por Satanás e que Buda Sakyamuni foi atormentado por Devadatta. Nossa religião também vem sendo espreitada persistentemente por “satanases” e “devadattas”. O interessante é que, com a aproximação do momento crucial, os espíritos malignos estão cada vez mais desesperados e, ultimamente, têm agido com força total. Creio que é possível perceber isso, por meio das matérias publicadas em nosso jornal. Observando a situação, podemos deduzir que está iminente o destino dos espíritos malignos, o que significa que estamos às vésperas do “Fim do mundo” profetizado por Jesus Cristo.

Falando em espíritos malignos, na verdade existem vários tipos, sendo que seus chefes governam o Mundo dos Perversos. Quanto mais nuvens espirituais o ser humano tiver em seu espírito, mais livremente será manipulado por eles, por intermédio dos elos espirituais do mal e, sem ter consciência disso, tomará atitudes que atrapalham a atuação de Deus. Uma vez que os espíritos malignos vêm agindo ao seu bel-prazer há milhares de anos e não têm conhecimento da mudança no Mundo Espiritual, continuam praticando suas maldades normalmente. Entretanto, por eles não terem consciência que essa mudança está muito próxima, é compreensível que tenham entrado em desespero.

Isso porque, o que os espíritos malignos mais temem é a luz e, à medida que o Mundo Espiritual vai-se tornando dia, aquela vai-se intensificando. Isso significa que está chegando a época de pavor para os espíritos malignos, pois diante da luz, eles se encolhem e perdem a força de acção. É por isso que esses espíritos não conseguem actuar se a luz não estiver apagada nas sessões de pesquisas para-psicológicas. Somente espíritos que alcançaram a posição de divindade conseguem actuar dentro da luz.

Nesse sentido, os espíritos malignos que criam obstáculos para nossa religião, por temerem a luz que emana da Força de Deus, recorrem a todos os meios para obstruí-la. Isso mostra o quanto eles estão desesperados. Já que a luz do dia é produzida pelos raios do sol, por mais que tais espíritos lutem desesperadamente para obstruí-la, seus esforços serão em vão. Aqui existe uma questão de suma importância à qual todos devem ficar alerta: aqueles que se aliaram aos espíritos malignos estarão fadados a extinguir-se para sempre, quando houver o Juízo Final. E, nesse momento, por mais que se arrependam, de nada adiantará, pois com toda certeza, seu fim será a extinção. É por esse motivo que recomendamos insistentemente que todos devem, enquanto é tempo, reconhecer seus erros, arrepender-se e corrigir-se. E, envoltos pelo grande amor de Deus, devem livrar-se do mal, aliar-se às pessoas de bem, tornar-se felizes e, assim, alcançar a vida eterna.

20 de novembro de 1949

Alicerce do Paraíso vol. 2 pág. 102

 

122 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário