Quilombo Quiuma – NJ Ramiro II – Luanda

Chamo-me Quilombo Quiuma, sou membro e dedico como encarregada do grupo sol.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola em 2004, por intermédio de uma missionária, a quem tenho muita gratidão.

A experiência de fé a seguir, está relacionada com a importância de dedicar nos locais de maior luz da nossa Igreja e a obediência no cumprimento das orientações superiores.

Na véspera da dedicação no Solo Sagrado de Cacuaco, no mês de Agosto do ano em curso, eu me encontrava a purificar e a receber bastante assistência por parte do meu superior. Como as dores persistiam mesmo após efetuar a limpeza em minha casa, mexendo com a terra e de ter feito a vivência da flor, junto com toda a minha família, onde falou sobre a importância da limpeza no lar, mas as dores não cessavam. Foi-me então recomendado a participar com um donativo e também com o esforço físico para poder ir ao Solo Sagrado. Vendo o meu estado, não aceitei a orientação, alegando não ter condições financeiras para participar da dedicação.

O meu superior disse-me para tirar do dinheiro do negócio que faço  em minha casa a fim de participar da viagem, levando todos os meus antepassados que se encontravam naquela condição de purificação. Eu, movida pelo apego, disse uma vez mais, que não tinha dinheiro e que as minhas vendas não estavam a ter saídas para eu tirar mais algum valor.

O orientador,  insistiu para que do valor da venda, retirasse dois mil kwanzas para participar da dedicação. No dia da partida, eu e mais dois membros da minha unidade religiosa lá fomos.

No local, após receber a tarefa do dia, depois de cumprir, sem me aperceber, já não sentia dor nenhuma! Só mais tarde, quando perguntaram quem estava a purificar, é que me lembrei que tinha ido com muitas dores.

De regresso à casa, fui tão leve e feliz pois a purificação já tinha passado mas, ainda estava preocupada com a situação das vendas e a falta de clientes, pois ainda teria de participar de outras atividades da Igreja que envolveriam deslocação e custos.

Irmãos, dada a distância de Cacuaco até minha casa, fiquei preocupada com a hora da chegada. Para  minha surpresa, recebi um grande fluxo de clientes, que cheguei a registar um lucro no valor de Quinze mil kwanzas e também apareceu alguém que acarretou de uma só vez, cinquenta bidões de água!

Admirada e agradecida com a rápida resposta que obtive, fui relatar tudo ao meu superior e juntos fizemos a oração com um donativo de gratidão especial.

Aprendi com esta experiência, que a dúvida é o princípio da crença e que realmente, já nos encontramos a viver a era do dia!

O meu compromisso é de participar na elevação da nossa unidade à Johrei Center e a participar da formação de novos membros!

Cuido de 4 casas de frequentadores activos, onde todos materializam a sua gratidão!

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu Sama e aos meus Antepassados, pela permissão de conhecer este caminho da salvação!

Muito obrigada!

64 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário