Teresa Gaspar – JC Cassequel – Luanda

Chamo-me Teresa Domingos Gaspar, sou membro e dedico como encarregada do Sorei-Saishi.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola por intermédio dos meus tios, membros dessa igreja.

Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram as mortes constantes dos filhos dos meus tios.

Um amigo do meu tio falou-nos dos milagres vivenciados na igreja Messiânica. Fomos recebidos pelo plantonista que, após ouvir-nos atentamente, orientou-nos as práticas básicas da Fé Messiânica.

Cumprimos as orientações sem dificuldades e hoje, os meus tios têm um rapaz já com 9 anos!

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com o donativo de gratidão especial.

Durante muito tempo, vivemos com purificações financeiras a ponto de não ter o que comer, pois o meu esposo fez um crédito bancário para poder começar a construir.

O banco descontava mensalmente de 29 à 31% do salário. No princípio, até estava a ir muito bem. Mas, em Março de 2020, por causa da pandemia, o salário diminuiu muito e estávamos na casa de renda e já não conseguíamos fazer o pagamento. Só restavam de 10 à 15 mil kwanzas do salário. Com essa situação, sempre que o marido chegava em casa a chorar, eu e as crianças também chorávamos!

Tomei a decisão de vender frescos na praça mas, nada dava certo. Fui pesquisando trabalho e pedindo às pessoas que me arranjassem trabalho. Depois de alguns meses, a responsável me falou do actual emprego.

Eu comecei a trabalhar no dia 7 de maio e o salário caiu no dia 24 do mesmo mês. Fui até à nave e expliquei à responsável mas, com o pensamento de fazer só o dízimo e o donativo de construção. A responsável contou as experiências de fé com relação ao donativo especial de gratidão e orientou a fazê-lo. Naquele momento, não tinha nada em casa porém, o que me inquietava era o meu marido, que controlava meu salário e até já fazia perguntas.

Veio em mim o sentimento de fazer o donativo, e assim o fiz, deixando tudo nas mãos de Deus e Meishu-Sama. Depois de dois dias, o salário do meu esposo caiu sem descontos, o que fez com que superássemos o aperto em que estávamos!

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama e aos meu antepassados pela permissão de conhecer esse maravilhoso caminho da salvação!

O meu compromisso é de continuar a me empenhar na dor e no sofrimento das outras pessoas!

Agradeço à responsável, que nos brinda com as suas sábias orientações!

Muito obrigada!

95 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário