Filomena Pires – JC Cabolombo – Luanda

Chamo-me Filomena Alberto Prazeres Pires, sou membro e dedico como auxiliar do grupo lua.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com a distribuição de flores de luz.

No mês de Setembro de 2021, num sábado, participei de uma dedicação na Sede Central. De regresso à casa, levei comigo 5 flores de luz mas, pelo caminho, passei em casa de uma vizinha para deixar algumas flores; lá, encontrei várias pessoas, familiares do casal e donos da casa. Entre essas pessoas, encontrava-se um primo do dono da casa e sua esposa. A senhora tinha um semblante muito triste. Procurando saber, disseram-me que o primeiro filho da senhora estava desaparecido há duas semanas nos Estados Unidos da América. Ao ouvir isso, pedi a Meishu-Sama que me desse coragem uma vez que tinha muitas pessoas; dessa forma, dirigi-me à senhora e perguntei se lhe podia oferecer uma flor, ao que me respondeu que sim. Ofereci duas flores ao casal e também à dona da casa que estava em brigas constantes com o marido. Depois fui para casa.

No dia seguinte, primeiro perguntei a situação do menino dos Estados Unidos, informaram-me que 1h depois de eu me ter retirado, ligaram dos Estados Unidos, dizendo que o jovem havia aparecido e que afinal encontrava-se preso por falta de documentação.

A própria dona de casa também me relatou que o seu marido naquele dia dormiu em casa, o que antes não acontecia, tendo amenizado os conflitos entre eles.

Aprendi com essa experiência, que a flor purifica o ambiente espiritual de qualquer local.

Comprometo-me em continuar a empenhar-me nas práticas básicas e aprofundar na dor e sofrimento de outras pessoas!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela permissão de conhecer e servir nesta maravilhosa obra de salvação!

Muito obrigada!

75 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário