A Respeito dos Sonhos

Constantemente me fazem perguntas a respeito dos sonhos, por isso falarei sobre esse tema.

Certamente não há um só ser humano que, ao dormir, não sonhe. Os sonhos podem ser de vários tipos: sonhos em que a divindade transmite mensagens; sonhos em que o espírito protetor guardião faz advertências; sonhos variados e sem relevância, que a maioria das pessoas têm; sonhos que vêm a se concretizar de forma idêntica ou oposta ao sonhado, entre outros.

A palavra yume (sonho) é redução da palavra yumei (mundo do espírito). Por conseguinte, durante o sono, o espírito sai do corpo físico e vai para o Mundo Espiritual. Nessa circunstância, o que existe no nosso subconsciente e os nossos constantes desejos aparecem sucessivamente nas formas mais variadas, sem nenhuma lógica, sendo, portanto, uma criação humana. As mensagens das divindades limitam-se às pessoas que têm fé. A divindade que é alvo de sua crença, dá-lhes avisos pelo sonho sempre que houver necessidade. O espírito protetor guardião geralmente cria sonhos em forma de alegoria ou em sentido figurado para transmitir suas advertências. Muitas vezes, esses sonhos precisam ser interpretados. Como já disse anteriormente, o Mundo Material é um reflexo do Mundo Espiritual, onde os mais variados fenómenos ocorrem primeiro. Por esse motivo, o espírito protetor guardião, que se encontra naquele mundo e está ciente do que se sucederá, utiliza-se dos sonhos para nos alertar. Os pressentimentos que temos são, comumente, avisos seus.

Quando o espírito sai do corpo e vai para o Mundo Espiritual enquanto a pessoa dorme, ele fica ligado ao corpo pelo elo espiritual e, no momento em que a pessoa desperta, ele volta instantaneamente.

Há alguns pontos que devemos esclarecer. Há quem diga que não se sonha durante o sono profundo, mas é um engano. Naturalmente, não se sonha quando se está exausto, mas ocorre o contrário no caso de sono leve. Contudo, não há o que se preocupar, pois, sonhar mesmo durante um sono leve, significa que, de facto, está dormindo. Às vezes, cochilo enquanto converso com as pessoas e chego até a sonhar por um ou dois minutos. Também há ocasiões em que sonho em pé, segurando na alça do trem, mas isso é normal.

Há pessoas que, por sonharem, ficam preocupadas, achando que não são inteligentes, mas isso não é verdade. Eu, por exemplo, quando era jovem, quase não sonhava e acho que naquela época era menos inteligente.

5 de Setembro de 1947, Alicerce do Paraíso vol. 2

281 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário