Teresa Massala – JC Vila Nova – Luanda/Angola

Chamo-me Teresa Gomes Massala, sou membro e dedico como encarregada da rede da salvação Verdinha.

Padeci com úlcera, durante 18 anos. Fiz vários tratamentos médicos sem solução. Certa vez, um médico receitou-me medicamentos que alteraram o meu sistema neurológico, provocando-me hemorragia e tive que ser operada com urgência. Dias depois, os médicos resolveram dar-me alta e foi com muita dor quando o médico deu-me o resultado da operação e disse que eu não poderia mais ter filhos, porque as trompas haviam sido rompidas, e eles não poderiam fazer nada. Perguntei a causa e os mesmos responderam que os medicamentos eram muito fortes. No momento sentia que o mundo estava acabando, pois era um sofrimento após outro!

Mesmo com a cirurgia feita, a dor de estômago não passou. Continuei a procurar hospitais e igrejas, porém, sem resultados. A minha irmã, vendo o meu sofrimento falou-me da Igreja Messiânica mas, ignorei.

Até que um dia, a minha mãe teve uma crise de trombose. Fui chamada para levá-la ao hospital. Minha irmã disse: ” Teresa, vamos ainda levá-la à igreja!”. Eu respondi: “Na igreja também curam trombose?”. Disse que sim e seria simplesmente com o johrei. Assim, fomos a Johrei Center do Cazenga padaria. Encontramos o plantonista, fomos bem recebidos, mas, não entrei. Decidi ficar do lado de fora. Procuraram saber se eu também tinha algum problema e respondi com muita arrogância que não!

Uma hora depois, vi a minha mãe a ir para o banheiro! Fiquei espantada e perguntei: ” Que medicamentos deram a ela?”. Reponderam-me: ” Só lhe ministramos Johrei!”. Vivenciando tudo isso, nasceu em mim o sentimento de frequentar a igreja, onde fui orientada para experimentar as práticas básicas. Dois meses depois do cumprimento das mesmas, a úlcera foi ultrapassada sem deixar nenhuma sequela, e tive a permissão de engravidar sem problemas!

Para agradecer todas estas graças, tornei-me membro para melhor servir na Obra Divina!

A experiência de fé que passo a relatar para os irmãos, está relacionada com a ministração de Johrei.

No mês de agosto, recebi a tarefa de cuidar de uma rede da salvação. No cumprimento desta tarefa, decidi fazer marcha de aberturas de casas. Em uma delas, encontrei o filho de uma vizinha a purificar com um abcesso dentário, denominado tradicionalmente de quissongo. Era uma inflamação que até impossibilitava a sua visão. Comecei a fazer assistência todos os dias, ministrando-lhe uma hora de johrei. Depois de três dias, a purificação intensificou consideravelmente: o rosto ficou muito inflamado e, arrebentaram furúnculos que vertiam muito pus. A mãe do menino ficou assustada, levou-o até minha casa e disse:  ” Olha como ele ficou!”. E eu, mais assustada que a mãe, retruquei: ” Agora é que matei o filho alheio!”. Assim, comuniquei o sucedido ao meu superior, que orientou-me a fazer a prática do Sonen com um donativo para agradecer pela purificação e aprofundar ainda mais no johrei.

Depois de 4 dias de ministração de johrei, tudo voltou ao normal. O rosto desinflamou e os furúnculos desapareceram. Hoje, o menino encontra-se de perfeita saúde.

Para agradecer esta graça, materializamos um donativo de gratidão especial e estão a frequentar a igreja.

Com esta experiência, pude aprender que o Johrei é a medicina do século XXI!

O meu compromisso é de levar a rede da salvação verdinha ao nível de núcleo de Johrei.

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama e aos meus antepassados pela permissão de conhecer este caminho da salvação.

A todos que comigo partilharam este relato de fé, o meu muito obrigado!

98 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário