Yanick Ribeiro Mussagy – CA Maputo – Moçambique

Chamo-me Yanick Ribeiro Mussagy, tenho 17 anos de idade e dedico no Centro de Aprimoramento de Maputo, como Auxiliar da Rede da Salvação Alegria.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Moçambique em 2006, por intermédio do meu pai, membro da Igreja.

Na altura, eu vinha à igreja apenas na companhia do meu pai, uma vez que ainda não tinha despertado para a fé. Cumpria com as práticas básicas da fé apenas na forma.

Só em 2018, após a entronização do altar do lar em nossa casa, é que despertou em mim o desejo de dedicar e esforçar-me mais em cumprir com as práticas básicas da fé, pois notei que o ambiente de casa mudou e passamos a ser uma família próspera e feliz.

No mesmo ano, estando eu a frequentar a 10ª classe, já na véspera do exame, alguém ofereceu-me uma quantia em dinheiro. Quando a recebi, fiquei em dúvida se fazia ou não o donativo para agradecer. A princípio, pensei em pagar ao professor na hora do exame para que eu pudesse garantir a minha passagem, uma vez que essa prática é comum nas escolas. Enquanto me debatia com a situação, o meu pai ia fazendo oração no altar de casa, durante o tempo que eu estudava para o exame. Quando acabei, decidi que não iria pagar ao professor e acabei entregando o valor ao meu pai para fazer o donativo de gratidão em meu nome quando fosse à igreja. Fiz também, antes de sair de casa, uma oração, deixando tudo nas mãos de Deus e do Messias Meishu-Sama e orei, mais uma vez, pedindo ao Supremo Deus que fizesse o exame por mim.

Para a minha surpresa, dos 40 alunos da minha turma, apenas dois foram aprovados.  Sou um deles, graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama!

Como preparação para o culto anual às almas dos nossos antepassados, recebemos dos nossos superiores a orientação de aprofundar no Johrei, preparar o donativo especial e dedicar com o Sonen alinhado para que todos os nossos antepassados, recebessem a permissão de participar.

Com esse Sonen, decidi fazer o meu donativo especial com a mesada que recebo. Trinta minutos antes do culto, materializei a minha gratidão a todos os meus antepassados, através do donativo com todo o valor que dispunha.

Assim que terminou o culto, voltei para casa. Para a minha surpresa, tive a permissão de ganhar a mesma quantia que havia feito de donativo especial de gratidão!

Com esta experiência de fé, aprendi que devemos aprofundar na prática do donativo, pois este salva os nossos antepassados!

O meu compromisso é de aprofundar cada vez mais na fé messiânica e encaminhar o maior número possível de pessoas!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados pela força e permissão de ingressar na fé messiânica!

Aos ministros, missionários e fiéis em geral, principalmente ao meu pai, vai o meu profundo e sincero agradecimento!

Muito obrigado!

102 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário