Culto Mensal de Gratidão de Junho de 2021 

Culto Mensal de Gratidão de Junho de 2021

5 e 6 de Junho de 2021

Saudação do Presidente da Igreja Messiânica Mundial – África

Reverendo Claudio Cristiano Leal Pinheiro

 

Bom dia a todos!

Os senhores estão a passar bem?

Muito obrigado pela vossa recepção. Muito obrigado!

Parabéns pelo nosso Culto Mensal de Gratidão do Mês de Junho!

Parabéns a todos os senhores! Quero agradecer do fundo do coração pelo esforço sincero de cada um dos Senhores em prol da expansão da Obra Divina por Angola e  todo nosso querido continente Africano! Muito obrigado!

Estou muito emocionado por estar aqui de volta com senhores; estava sentindo muita saudade dos senhores e da nossa Sede Central de África . Muito obrigado por tudo, do fundo do coração!

Obrigado à irmã Fernanda, pela maravilhosa experiência de fé. Gostaram da experiência de fé? Mais uma salva de palmas para ela, por favor!

Hoje, nós estamos juntos agradecendo ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama pelas bênçãos e protecções recebidas durante o mês de Maio, pedindo permissão para podermos servir durante o mês de junho, em particular para participarmos do Culto do Paraíso Terrestre que vai ser realizado aqui na Sede Central , no próximo final de semana, no sábado e no domingo da semana que vem.

Hoje, dia 5 de junho, é uma data muito importante a nível internacional, pois é comemorado o Dia do Meio Ambiente. A nossa gratidão a todas as pessoas no nosso planeta, que tem se empenhado na preservação do meio ambiente, tanto a nível individual, como colectivo, muitos têm praticado ações em prol de cuidar do meio ambiente para deixá-lo como herança para os nossos descendentes.

Uma salva de palmas para todas essas pessoas, por favor!

Cada um de nós messiânicos, também faz parte desse grupo que está preocupado com o meio ambiente do nosso planeta! Por isso que é tão importante a expansão da nossa Coluna Da Agricultura E Da Alimentação Natural. Muito importante, a partir da horta na nossa casa levarmos a horta para os vizinhos, para as instituições fazendo hortas comunitárias, podendo apresentar o nosso método agrícola para toda a sociedade.

Eu acredito, do fundo do coração, que a prática da Agricultura natural que Meishu-Sama nos deixou é o caminho para libertar o nosso planeta da fome e da desnutrição e também da pobreza extrema que boa parte da população do mundo ainda vive.

Parece uma pequena acção, mas a partir do momento que cada um de nós messiânicos vestir mesmo essa camisola da Agricultura Natural, começando na nossa casa, levando para os vizinhos, para onde trabalhamos, nos bairros onde vivemos, vamos contactar as autoridades e fazermos hortas comunitárias que possam servir como fonte de alimento para as famílias mais carenciadas.

Nessa fase que estamos a viver da pandemia no nosso planeta, a maior segurança material que podemos ter é cuidar do nosso sistema imunológico; cuidar da proteção natural do nosso organismo! Por isso é importante a campanha de limpeza nas casas, nas ruas e também muito importante ou melhor, até essencial, uma alimentação com produtos naturais no nosso dia a dia. Mais do que nunca, a humanidade precisa cuidar da saúde, fortalecer as defesas naturais do organismo através de uma alimentação cada vez mais saudável.

Meishu-Sama já tinha nos alertado isso Décadas atrás, e cada dia isso se torna urgente para todos nós. Então, vamos fazer desse dia do meio ambiente um momento para a renovação desse compromisso de praticarmos e expandirmos essa Agricultura Natural que preserva o meio ambiente e que gera saúde e felicidade toda nossa sociedade.

Hoje também, há exatamente 67 anos atrás, no dia 5 de junho de 1954, Meishu-Sama chamou os directores da nossa igreja na sua residência e  anunciou pela primeira vez aos cabeças da igreja, que ele era o Messias que a humanidade esperava há muito tempo!

No livro luz do Oriente, Volume três página 219, está escrito:

No dia 5 de junho, os dirigentes de Igrejas e os principais ministros foram chamados ao Solar da Nuvem Esmeralda, em Atami, para uma breve entrevista com o Fundador; era a primeira, desde o início de sua purificação, em abril. Nessa ocasião, ele disse: “Fala-se sobre a vinda do Messias, não? Pois o Messias (53) nasceu. Não são apenas palavras; é realidade mesmo. Eu próprio fiquei surpreso. E não se trata de renascer, mas de nascer novamente. É esquisito nascer depois de velho, mas o mais interessante é que minha pele ficou delicada como a pele de um bebê e, além disso, como podem constatar, surgiram-me estes cabelos pretos. Ao vê-los, o barbeiro disse que parecem cabelo de criança. Os fios brancos foram sumindo gradativamente e só nasciam fios pretos. (. . .) Esse Messias tem a posição mais elevada na hierarquia do mundo. No Ocidente, ele é considerado o Rei dos Reis. Assim, a minha vinda se reveste da maior importância, pois, graças a ela, a humanidade será salva.”.

Dez dias depois, ou seja, em 15 de junho de 1954, foi solenemente realizada no Templo Messiânico, que estava noventa por cento pronto, a Cerimônia de Comemoração Provisória da Vinda do Messias. Nesse dia, o estado de saúde do Fundador não era bom, tendo ele subido ao Altar. Como ficaram sabendo que poderiam encontrá-lo, depois de dois meses sem vê-lo, os fiéis ali se reuniram em número superior a dez mil, provenientes de todo o país. Era a primeira vez que o Mestre aparecia em público desde o início de sua purificação. Estava todo vestido de branco e fez uma saudação bem simples. Nessa oportunidade, o Presidente da Igreja, Naoyoshi Okussa, comunicou aos presentes a deliberação de chamá-lo, dali em diante, pelo nome Meshia-Sama (Messias) e não mais Meishu-Sama.

Então, essa data de 5 de junho é muito importante no calendário messiânico. Graças a Deus e o Messias Meishu-Sama estamos tendo permissão de realizar o nosso culto hoje, numa data tão significativa para a história da nossa religião e para a história de toda humanidade.

Meishu-Sama nas palavras disse: “Não é reencarnação, é nascer de novo na mesma vida!”. Meishu-Sama nasceu de novo, virou o Messias! Veio para  cumprir a missão Dele como o Messias esperado pela humanidade. Essa missão fica bem clara através da experiência que nós ouvimos hoje da irmã Fernanda, mostrando que a força do Johrei se torna cada vez maior, a cada dia que passa.

Quando ela levantou a mão para a criança no hospital e ela voltou à Vida, deixando os seus parentes e os médicos assustados; pensaram até que era magia! Mas, uma outra enfermeira, que já foi frequentadora  da nossa Igreja, disse: “Não! Isso para os messiânicos é comum acontecer esse tipo de coisa quando eles fazem essa oração – o Johrei! “.

Essa força do Johrei é que vai mudar o destino de cada um de nós e de toda a humanidade! Nós precisamos cada dia mais nos tornarmos eficientes ministrantes de Johrei. Não podemos ter preguiça nem vergonha de levantar a mão e ministrar Johrei; deixar a luz actuar; é a luz de Deus que atrai as pessoas que têm afinidade e que transforma as pessoas. A luz de Deus! Deixa a luz de Deus actuar.

A senhora teve a permissão de ter outro milagre no hospital com a leitura do ensinamento de Meishu-Sama. O Ensinamento de Meishu-Sama, foi a primeira vez que o Supremo Deus, Jeová, criador e doador de toda a vida, a quem Jesus chamava de Pai do Céu, a quem Maomé chamava de Alá, a quem Buda se referia como grande Buda, o criador do universo, pela primeira e provavelmente a única vez, Ele se manifestou directamente, e ditou os Seus ensinamentos sem intermediário nenhum!

Os ensinamentos de Meishu-Sama são o último evangelho, o guia de construção da verdadeira civilização, de Construção do Paraíso Terrestre! Por isso é que a senhora quando leu, não sabia de nada disso mas, começou a ler e viu saindo luz. Pensou que era a luz do sol  e depois viu  essa luz envolvendo-a em forma de círculo. “Eu nunca vi isso na minha vida!”, ela disse e dormiu profundamente.  Quando acordou, a dor no peito já tinha passado.

A força do Johrei e a força dos Ensinamentos, para nós que já conhecemos Meishu-Sama, precisamos refletir: até que ponto  estou a agradecer a permissão que já tenho de conhecer o Johrei, de ter acesso aos ensinamentos que o Supremo Deus nos trouxe através do Messias Meishu-Sama?

Muitas vezes, conversando com ministros, missionários, membros, pessoas que estão enfrentando dificuldades em casa, na vida pessoal, no trabalho da igreja, eu pergunto: “você ministra Johrei todos dias em casa? Você recebe Johrei todos os dias?”. A maioria responde : “Ah, não, de vez em quando!”. “Você lê os ensinamentos pelo menos 30 minutos por dia?”. “Não consigo!”. Então, você trabalha com o seu gá, com o seu ego, com a sua força humana!

Para podermos habitar no mundo de Deus, no Paraíso terrestre, precisamos cada vez mais cumprir a nossa missão como representantes de Deus! Aprofundar no Johrei, em silêncio, na nave! Levantar a mão, ministrar Johrei, receber Johrei, deixar a luz actuar. Ler o ensinamento como um momento de conversar com Deus e Meishu-Sama para limpar o  nosso espírito, para expandir a nossa alma, para termos força para praticar o que Meishu-Sama nos ensina nos seus ensinamentos.

A cada dia, a luz para a Construção do Paraíso aumenta! Nós vemos no planeta um processo grande de destruição. Temos visto, o desenrolar da pandemia do covid; agora surgiu o fungo preto que veio da Índia; já apareceu a gripe aviária que começou a contaminar os seres humanos, coisa que não acontecia. Estamos a ver desastres naturais no planeta; vulcão; em outros lugares vemos enchentes, seca. Tudo isso que temos visto; a crise financeira, o conflito nos lares; toda a sujeira acumulada durante a era da noite, está agora a ser limpa pelo aumento do elemento fogo! Isso é a Transição da noite para o dia. Mas, ao mesmo tempo, estamos a ouvir milagres como o de hoje na experiência de fé.

Na mesma proporção que os noticiários falam da força de destruição, quem fica vendo o jornal entra em desespero, pois só se vê desgraça na televisão mas, na mesma proporção dessa força de destruição cresce a força de construção também! Está até  maior. Então, nós precisamos decidir: eu quero me ligar com essa força de destruição ou  quero me ligar com essa força de construção? Isso vai ser de acordo com meu Sonen!

Como nós ouvimos o ensinamento: “O ser humano depende do seu Sonen”, do que ele acredita do fundo do coração, o que está no íntimo do seu ser, do que ele aceita. Por isso é que o coração agradecido consegue se ligar com a força divina, com Deus. O queixoso, lamurioso se liga com a força negativa; e é instrumento da força negativa para gerar infelicidade, para gerar destruição.Mas ,para eu poder manter o meu coração agradecido ,preciso acreditar que Deus existe. Aí eu vou agradecer pelas graças, pelas purificações, pelas dificuldades; e quanto mais eu mantiver a gratidão no coração, mais eu fortaleço a minha ligação com Deus, tanto no recebimento das graças como nas dificuldades, eu vou me aperfeiçoar para poder servir como um instrumento melhor; para Deus me utilizar na concretização do seu plano de Construção do Paraíso e de salvação da humanidade. Então, o ser humano depende do seu sonen.

Nós estamos nos preparando para o culto do Paraíso Terrestre no final de semana que vem. Vão ser 90 anos que começou essa transição da noite para o dia. Até que ponto que essa transição está acontecendo dentro de mim? Quanto mais eu consigo agradecer pelo que é bom e pelo que parece é ruim, mais eu estou a caminhar para viver na era do dia, mais eu estou a assentar a construção do Paraíso dentro de mim. Quanto mais eu lamurio, mantenho lamúria, ódio, ressentimento dentro do meu coração, eu ainda estou preso na era da noite, ainda mantenho o inferno no meu coração!

O barómetro, ou o termómetro para medir o nível que a transmissão está acontecendo dentro de mim é o meu sonen de gratidão ou não. Nós precisamos manter aceso no nosso coração a chama da fé; a chama da gratidão! Gratidão em qualquer circunstância pelas Graças, pelas dificuldades, mantê-la acesa  no nosso coração. Por isso que é tão importante o ministrar Johrei diariamente e a leitura diária dos ensinamentos do Messias Meishu-Sama. Manter a gratidão no coração e materializá-la através do servir.  

Tivemos várias experiências nessa preparação para o Culto do Paraíso  e quero agradecer muito o esforço que todos estão fazendo visitando as casas. Gostaria de compartilhar com  os senhores uma experiência que aconteceu na República democrática do Congo, numa rede da salvação da nossa irmã Cabedi Natalie.

“Chamo-me Cabedi Natalhie, tenho 37 anos de idade, sou membro responsável do grupo sol na rede da salvação que está na minha casa .

A experiência que queria compartilhar com os senhores, está relacionada com a importância de servir as outras pessoas.

Durante 6 anos vinha sofrendo de dores nas pernas. Se eu andasse por 20 minutos ou ficasse de pé por um longo tempo, mesmo durante 15 minutos, sentia fortes dores e ficava cansada. Muitas vezes à noite eu tinha que levantar os meus pés e colocá-los na parede para sentir um certo alívio. 

 Como minha preocupação era principalmente poder conceber e outras dificuldades domésticas, eu estava cansada de falar sobre isso e reclamar.  Já estava acostumada com essas dores. Às vezes conversei sobre isso com meu filho mais velho que me encorajou a continuar a receber Johrei.

 Com a abertura da rede da salvação na nossa casa, recebemos do ministro a orientação de limpar todas as casas dos fiéis da rede como preparação para o Culto do Paraíso terrestre.  Apesar das dores, fiz o compromisso de visitar as casas dos membros e frequentadores e limpá-las profundamente. 

 Consegui, acompanhada por alguns membros e frequentadores, limpar profundamente 15 Casas dos nossos fiéis. Estranhamente, eu não estava a prestar a atenção para resolver o problema das dores nas pernas. Eu fiz isso apenas com o objectivo de levar a luz e felicidade a esses lares e famílias e aos seus antepassados.

 Graças ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama, as minhas dores desapareceram completamente! Consigo realizar assistência durante todo dia nas Casas dos nossos fiéis, sem sentir a menor dor. Realizei essa dedicação durante o período de um mês e nas famílias assistidas notei algumas mudanças em suas vidas.

Uma senhora frequentadora que tinha dificuldade em encontrar uma casa, ela e o marido durante o período de dois anos e meio sofreram com isso. Depois de limpar a casa da sua irmã mais nova onde ela vivia, o seu marido encontrou uma casa onde agora eles moram e ela está a dedicar para manifestar a sua gratidão.

Uma outra senhora que também é frequentadora, conheceu a igreja porque tinha dificuldade de ter filhos; sofria com vários distúrbios menstruais. A sua menstruação tinha parado há 7 anos. Com o acompanhamento ajudando-a a aprofundar nas práticas básicas de  limpeza na casa  e montagem da horta, a menstruação da senhora voltou normalmente. Apesar de todas dificuldades que ela passou e das  muitas humilhações durante esse período, muitos insultos, agora ela já pode ter esperança de conceber novamente e está se dedicando em prol da felicidade de outras pessoas. Ela materializou já um donativo para expressar a sua gratidão.

Por esses Milagres, aprendi que quando nos dedicamos em prol da felicidade das outras pessoas somos recompensados naturalmente pelo Supremo Deus e pelo Messias Meishu-Sama, principalmente em relação à nossa saúde!

  A experiência da nossa irmã Natalie mostrou para nós como é importante  sermos úteis à Deus principalmente nessa fase difícil que o nosso planeta está a passar.

Vamos continuar durante essa semana com a oração nos lares  das pessoas ligadas a nós, com a limpeza, com as vivências das flores. Vamos nos preparar bem para esse Culto do Paraíso no próximo final de semana para recebemos uma força maior e podemos ser utilizados pelo Supremo Deus e pelo Messias Meishu-Sama junto com nossos ancestrais e antepassados na Construção do Paraíso terrestre e na salvação da humanidade.

Amanhã, realizaremos o culto mensal novamente aqui na Sede Central com as outras regiões que estão escaladas e os senhores, mesmo estando em casa, por favor orem junto connosco em sintonia com a nossa Sede Central de África. O nosso planeta precisa muito das nossas orações em prol da felicidade da humanidade.Tivemos algumas mudanças na nossa liturgia a partir de hoje. Como os senhores viram, foi feita a Oração Amatsu-Norito, a Oração Zenguen Sandji e a oração Messiânica.

A oração Zenguen Sandji foi escrita pelo próprio Meishu-Sama e vai fazer parte dos nossos cultos mensais novamente. Será entoada todos os dias nos cultos vesperais nas unidades junto com a oração Messiânica.

No culto matinal vai ser feita Oração Amatsu-Norito e a Oração Messiânica.

A Oração do Senhor – O Pai Nosso- nós vamos continuar fazendo nas orações de 3 em 3 horas que realizamos nas unidades religiosas

Estamos juntos na construção do nosso Solo Sagrado, na construção do Paraíso Terrestre!

Muito obrigado, boa missão para todos os senhores!

81 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário