Francisca Mbaca – NJ Cajueiro – Luanda

Chamo-me Francisca Mbaca, sou membro e dedico como auxiliar da Sociedade de Senhoras.

A experiência de fé que passo a relatar para os senhores, está relacionada com a flor e a prática do Johrei.

No dia 08 de Novembro, como tenho o hábito de dormir no quintal, por volta das 00h ouvi batidas no portão, ao abrir, deparei-me com umas das vizinhas que pedia para eu ir ajudar uma  jovem que estava prestes a ter o bebé. Assim, agradeci, peguei no meu material e fui ao seu encontro. Lá, em conversa com a família, soube que ela já havia tido dois partos que foram por meio de cezariana e que também já estava há dois dias com dores, mas não tinha nenhum sinal de parto, até porque segundo o relatório médico  o parto estava previsto para o mês de Dezembro.

Com isso agradeci mais uma vez, tirei uma flor no meu quintal, entreguei-lhe e pedi que ela caminhasse, enquanto eu lhe ministrava Johrei. Para  minha surpresa, em menos de 30 minutos a bolsa estoirou, corremos para dentro e posteriormente deu a luz a uma criança saudável, facto que admirou a todos, pois que  ela nunca havia tido parto normal. Senti-me muito feliz por ter sido utilizada como instrumento e evitar que a mesma passasse de novo por outra cirurgia. Ai preparei os dois que estavam em perfeito estado de saúde e fui para a minha casa. De realçar, que esta é a quadragésima criança que ajudo a vir ao mundo, desde que estou nesta profissão e graças a Deus  nunca ouve problemas.

Ainda no dia 24 do mesmo mês, preparei-me e saí em direção à Sede Central, quando pelo caminho encontrei-me com a vizinha que havia batido o meu portão oferecendo-me boleia. Esta vizinha não tem por hábito dar boleia a ninguém nem mesmo aos vizinhos, tanto que admirou a sua filha que também estava no carro com o seu irmão mais novo, achando até estranho. Daí partimos em grande velocidade, no mesmo instante tive o pressentimento de um perigo e comecei a ministrar Johrei no seu filho mais novo, pedindo a Meishu-Sama que fosse ele ao volante e que estivesse no comando de tudo.

Minutos depois, uma menina de aproximadamente 5 anos de idade, que vinha acompanhada do seu irmão mais velho que levava um carro de mão com  alguns bidãos, acarretando água, largou o irmão e correu em direção à estrada. Como a condutora ia em grande velocidade, fez de tudo para se desviar da criança, sendo esta,  milagrosamente  lançada para uma parede onde assustada urinou e defecou, no que, o carro foi para o outro lado. A criança não sofreu nenhum ferimento. Naquele instante a única coisa que consegui dizer foi Meishu- Sama. O senhor que também vinha atrás, pós as mãos na cabeça pensando que a criança tivesse morrido.

De repente, a senhora desceu do carro furiosa quase a bater na menina começando a ofendê-la. Corrigi dizendo que não devia fazer aquilo, mas sim agradecer pela proteção que tivemos, porque podia ter acontecido uma grande tragédia que Deus não permitiu o que respondeu: “Tia Chica! eu estava no volante, mas o meu espirito estava distante e naquele momento pensei que passei por cima da criança, a esta hora eu estaria na cadeia e continuei a insistir que agradecesse por tudo!”. Aí ela perguntou: “A Tia Chica vai parar aonde?” disse que ia para a igreja, continuou, isto foi bom a tia Chica ir para a igreja e foi a razão da proteção,  e a filha acrescentou: Mamã estás a ver como é bom dar boleia, a tia Chica deu sorte e não aconteceu nada grave.

De seguida levantei a criança, sacudi-lhe toda a areia e como estava mesmo borrada, limpei-a e entreguei-lhe ao seu irmão que pediu desculpas. Daí fui para igreja e ela para o trabalho.

Aprendi que, o Johrei deve fazer parte do nosso dia a dia, não importa aonde estivermos.

Com estas práticas, ganhei o respeito dos munícipes numa altura em que eu era chamada de bruxa, inclusive até de pessoas que ajudei no momento que iam ter  o bebé, hoje sinto-me feliz!

O meu compromisso é continuar a aprofundar nas práticas básicas, levando a felicidade para as outras pessoas!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, por ter conhecido este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigada!

62 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário