O Que é uma Nova Religião – 1ª Parte

Actualmente, no Japão, a expressão “novas religiões”(18) tem sido assunto em vários setores da sociedade e vem sendo abordada, com maior seriedade, em jornais e revistas, o que é motivo de alegria. Observamos, entretanto, que esses órgãos de comunicação consideram uma religião nova só porque ela surgiu recentemente, sem demonstrar qualquer interesse pelo seu conteúdo. É, também, lamentável constatar que até mesmo indivíduos ligados a tais religiões ajam assim.

A propósito, devo dizer que não tem sentido uma religião ser “nova” apenas na aparência e seu conteúdo não corresponder a essa designação. Se uma nova religião apenas substituir ou tornar mais atrativas doutrinas vastamente conhecidas – sejam elas antigos ensinamentos de fundadores de religiões, escrituras ou tradição oral – não se poderá dizer que ela seja nova. Aliás, ao conservar as mesmas formalidades, construções e demais elementos como no passado, e ao propor o retorno aos ensinamentos de seus precursores, ela se aliena cada vez mais da época atual. É impressionante que ninguém ache isso estranho.

Hoje em dia, se tivermos de lidar com pessoas que cursaram o nível superior e que são intelectualizadas, principalmente entre a camada jovem, por mais que tentemos demonstrar a importância de uma doutrina que cheira a mofo, certamente elas não a aceitarão. Assim, podemos dizer que, atualmente, a maioria dos seguidores das religiões tradicionais é simplesmente arrastada pelas tradições e ideologias.

Por outro lado, os fiéis das novas religiões são diferentes, dado que ingressaram nelas à procura de algo inédito, o que é compreensível. Todavia, parece que são poucos os de verdadeira fé inabalável. Por conseguinte, pode-se dizer que é quase impossível fazer com que o homem da atualidade creia do fundo da alma, se não estiver de acordo com a lógica e não for acompanhada de inquestionáveis graças recebidas nesta vida. Diante de tudo isso, é óbvio que seja efémera e dure pouco a fé dos que seguem uma religião do mesmo modo como acompanham a moda.(…)

8 de abril de 1953

Alicerce do Paraíso vol. 2

67 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário