Ema Fumana – NJ Kissala-1 – Sumbe – Kwanza Sul

Chamo-me Ema Victor Fumana, sou frequentadora e dedico na rede de salvação da Kissala-1, munícipio do Sumbe, Província do Cuanza-Sul.

Conheci a Igreja Messiânica, no dia 05 de janeiro de 2022, por intermédio de uma missionária.

Os motivos que me levaram a conhecer a Igreja, foram: doenças, conflitos familiares, maus sonhos, via e ouvia vultos desde pequena.

Antes de conhecer a Igreja Messiânica Mundial, vivia uma vida infernal, que levou-me a andar em várias igrejas em busca de paz, tranquilidade e prosperidade. Sempre sonhava com uma senhora, fazendo-me ameaças de morte, dizendo-me para sair de casa e que, se eu resistisse, perderia a vida, pois que ali não era o meu lugar. O complicado era que, sempre que contasse ao meu esposo, ele não me levava a sério e por causa disso, discutíamos sempre, porque depois ele ia contar aos seus familiares que ficavam contra mim.

Suportei essa situação por muito tempo, até que um dia decidi contar à minha mãe que me disse que tivesse calma que tudo estava nas mãos de Deus. A situação ficou tão insuportável, que chegou um dia, depois de uma terrível discussão, arrumei as minhas coisas e fui para a casa da minha mãe. Mesmo estando com a minha mãe, os maus sonhos continuavam, pois a senhora que sempre aparecia nos meus sonhos, perguntava se eu já havia abandonado a casa. Depois comecei também a desentender-me com a minha mãe.

Desesperada com a situação, procurei uma determinada igreja, onde permaneci por 5 anos, mas nada mudava. Na rua, sentia muito medo como se alguém estivesse atrás de mim a puxar-me, passando as noites em claro.

Já cansada desses problemas, perguntava a mim mesma: “Deus, aonde foi que eu falhei, por favor mostra-me o caminho a seguir.

Sempre que passasse pela rua, deparava-me com fiéis da Igreja Messiânica, que me convidavam para fazer oração, oferecendo flores que eu recusava de imediato.

Certo dia, fui interpelada por uma missionária para fazer oração e dessa vez aceitei. Terminada a oração, fui novamente chamada pela responsável da unidade, que procurou saber aonde eu vivia, respondi-lhe que vivia com a minha mãe pois estava separada havia 5 anos; admirada com a situação, pediu-me para que no regresso do trabalho eu passasse pois ficaria a minha espera para conversarmos.

De seguida, fui trabalhar, mas comecei a refilar: “se naquela igreja que permaneci por 5 anos não resultou em nada, será que nesta que estão a levantar as mãos vai dar certo”? Terminado o meu trabalho e já de regresso, tentei esquivar da responsável, pensando passar pelo caminho mais longo que não dava acesso à igreja, mas depois, resolvi passar mesmo em frente e entrei. Depois de explicar todo o meu sofrimento, fui orientada às práticas básicas da Igreja que cumpri sem vacilar e recebi as seguintes graças:

A minha mãe que se comportava como minha rival, mesmo vivendo na mesma casa, o conflito era permanente, não demonstrava amor pelas minhas filhas, nesse caso suas netas, tendo esses problemas acelerado, quando ela ficou a saber que eu frequentava a igreja das flores. Passadas duas semanas, cumprindo com as orientações dadas, a paz começou a reinar entre nós, ultrapassamos nossos conflitos e hoje nós duas estamos muito bem;

*Tinha problemas com os meus  primos devido a um terreno de herança deixado pelo meu tio, eles queriam receber o terreno;  tendo recebido um telefonema de uma tia minha, dizendo que os mesmos  estavam no terreno  à minha espera para receber a documentação que comprovava que o terreno era meu, disse que dissesse a eles que eu não  estava em casa, por sinal eu estava na igreja e continuei dedicando, mas a tia foi insistindo, dizendo que tinha que ir para lá se não receberiam o terreno, pois os meus primos estavam decididos. Continuei a dedicar calmamente, de seguida, peguei num envelope e agradeci entregando tudo nas mãos de Deus, pedindo que se fizesse a Sua vontade. Como a minha tia insitia nas ligações, resolvi ir até lá. Já no caminho para ir pegar o táxi, a tia ligou-me a dizer que já não era necessário eu ir para lá, que estava tudo resolvido e que meus primos já tomaram rumo para Benguela, ficando decidido que o terreno era mesmo meu.

*Ganhei um novo semblante, as pessoas que me conheciam ficavam admiradas com a minha transformação. Hoje vivo momentos de muita felicidade.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com a prática de estender a corda da salvação para as outras pessoas sofredoras.

Certo dia, a minha tia mandou-me chamar, dizendo que ouvira que eu estava bem e queria que eu lhe fosse explicar o que tinha acontecido. Lá, para minha surpresa, encontrei a minha cunhada, que por sinal não tinha boas relações comigo, desde quando eu vivia com o seu irmão, vizinhas da minha tia e mais outras pessoas; graças a Deus receberam-me bem e admiradas diziam quase todas a mesma coisa, que estava muito bonita e atraente, perguntando-me que tipo de creme eu estava a usar! Na verdade, estava muito feliz, e dentro de mim eu dizia, “ muito obrigada, Meishu-Sama´´.

Em relação ao brilho que a minha tia observou em mim, admirada, a mesma perguntou-me qual era o segredo para ficar como eu estava e eu respondi que estava a frequentar uma igreja, ela disse-me graças a Deus, em contrapartida, sugeriu-me uma outra igreja, dizendo: “filha, dizem que tem uma igreja boa nas salinas, só que quando limpam, fazem limpeza profunda”. Eu ouvindo isso da tia, não escondi a minha felicidade e comecei a rir, dizendo a ela que era essa a Igreja a que eu me referia. Comovida com a minha situação, não foi mais preciso eu falar muito. Hoje ela também é frequentadora e já vivenciou alguns milagres, tais como: tinha dificuldades para dormir, passou a dormir tranquilamente, os maus sonhos desapareceram e hoje também está com um brilho extraordinário.

Com essas experiências de fé, aprendi que Meishu-Sama é realmente o Messias esperado pela humanidade e que o Johrei é a medicina do século 21.

Já encaminhei 10 pessoas à fé, cuido de uma casa com um agregado de 8 pessoas, faço dizimo, donativo de construção e outros.

O meu compromisso é de continuar aprofundando nas práticas básicas e  tornar-me membro para melhor servir na Obra Divina.

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, por me terem mostrado este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigada!

203 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário