Os Familiares

Até o tempo de seu bisavô, a loja Mussashiya tinha sido muito próspera e, apesar dele ter sido uma pessoa notável em vários sentidos, a fortuna da família diminuiu bastante. Quando Meishu-Sama nasceu, Seus pais atravessavam uma fase financeira difícil, sendo até necessário montar uma barraca noturna para negociar objetos usados no pátio do Templo Kannon de Asakusa.

Apesar das dificuldades financeiras, Seu pai era extremamente meticuloso em matéria de limpeza – chegou a construir um banheiro para seu uso exclusivo e não deixava nem os próprios membros da família o usarem.

Já Sua mãe era uma dona de casa muito económica e zelava para que nada fosse desperdiçado. Com grande senso de responsabilidade, atenta a tudo que possuía, foi um exemplo na conduta do lar.

Nascido e criado por uma mãe sensata e um pai íntegro, Meishu- Sama era o reflexo destas qualidades. Somava a tudo isso, virtudes e ideias arrojadas. Seus objetos eram guardados em gavetas específicas da escrivaninha, de modo que, mesmo no escuro, Ele conseguia achar facilmente qualquer coisa que quisesse. Era tão económico que não desperdiçava nem uma folha de papel para escrever. Por outro lado, não regateava ao pagar somas bem altas em dinheiro para a aquisição de obras de arte, pois valorizava a obtenção de trabalhos artísticos de nível superior.

Ele absorveu hábitos muito bons no lar durante a infância, alicerçando uma base de grande valor para Sua vida futura. Dessa forma, Ele nos orientava com bastante rigor sobre o manuseio das Imagens da Luz Divina, dos Ensinamentos e das obras de arte.

Por Nidai-Sama

Reminiscência Sobre Meishu-Sama vol.1

108 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário