O Repouso

Às duas horas da madrugada, Meishu-Sama começava a se preparar para dormir, exprimindo: “Por hoje é só.”

No inverno, Ele próprio apagava as brasas dos aquecedores. Muitas vezes, a tia de Nidai-Sama, ainda acordada, tentava ajudá- lo, mas Meishu-Sama dizia: “Pode deixar, eu mesmo faço.” Assim. apagava as pequenas fagulhas.

Essa era a rotina diária de Meishu-Sama e, a não ser que houvesse alguma viagem missionária, Ele repousava até que o sol voltasse a brilhar na manhã seguinte, dando início a um novo dia.

Reminiscências Sobre Meishu-Sama vol.1

127 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário