O Sabor da Fé

Há um sabor em tudo o que existe no mundo. As múltiplas formas de vida e também todos os objetos têm e comunicam um certo sabor peculiar. Se esse sabor faltasse em nossas vidas, o mundo seria insípido, vazio, e perderíamos o desejo de viver. O nosso apego à vida é, em grande parte, devido ao prazer que sentimos através das nossas percepções sensoriais.

Há um glorioso sabor na verdadeira fé. No entanto, as pessoas diferem em suas crenças. Por mais estranho que possa parecer, existem religiões que geram o temor. Os seus seguidores têm medo de Deus, vivem presos pelos seus mandamentos. Não existe felicidade nem liberdade para pessoas que vivem sob uma nuvem de medo como esta.

A verdadeira fé traz paz de espírito e faz a vida feliz. Quando atingimos tal estado, vemos o Amor de Deus no Sol e na Lua, nas estrelas, na beleza da natureza, no canto dos pássaros e na perfeição das flores. Sabemos da Sua generosidade pela abundância com que atende à cada uma das nossas necessidades. Sentimos integrados em toda manifestação de vida não somente com as criaturas, mas com a toda a natureza, com a vida das plantas e dos animais à nossa volta. É o êxtase religioso. Nesse sereno e feliz estado de espírito, além de fazermos o melhor em qualquer situação, sentimos perfeita fé em Deus. Ao enfrentar um difícil problema, cuja solução parece um desafio, volto-me para Deus, com plena confiança no Seu auxílio e orientação. Entrego os problemas à Sua sabedoria e espero a Sua resposta. Posso afirmar que os projectos, inicialmente obscuros, apresentavam resultados muitíssimo melhores do que o esperado. Tenho, também, grandes ideais e peço a Deus o Seu auxílio, para realizá- los. Ele me abençoa, concretizando-os além da minha expectativa. É de facto uma maravilha.

As vezes, me deparo com algo cuja a perspectiva é tão desencorajadora, que me oprime. Então eu medito: “Isto deve ser o prelúdio de algo muito bom, de uma bênção que se aproxima”. E espero, serenamente, que Deus esclareça a dificuldade. Mais tarde, ela se transforma realmente em maravilhosa bênção. O que poderia parecer condição adversa vejo como purificação necessária, que possibilita a bênção. Sinto profunda gratidão e me admiro por ter-me preocupado ainda que por um instante.

Porque sempre me entreguei a Deus, a minha vida foi abençoada com os Seus milagres. É o que considero o glorioso Sabor da Fé.

Por Meishu-Sama

Os Novos Tempos pág.52

188 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário