A Verdadeira Paz Interior

Fala-se muito em paz interior e me parece que as pessoas acham que esse estado se limita ao aspecto emocional. Contudo, essa forma de pensar constitui um grande erro, posto que, para se obter a verdadeira paz interior, obviamente é preciso incluir o fator material. Pensem bem: se houver um que seja dos três infortúnios – doença, pobreza ou conflito – onde estará a paz? Quando as pessoas estiverem convictas de que, durante a vida, não terão preocupações com doenças, não ficarão pobres e tampouco haverá possibilidade de se envolverem em conflitos, aí sim, elas terão a verdadeira paz interior. Hoje em dia, porém, possuir essas três condições não passa de um sonho, e diríamos que, provavelmente, não existe, no mundo inteiro, uma só pessoa assim.

Observando ao nosso redor, logo percebemos que nada ocorre conforme desejamos; as coisas desagradáveis sobrevêm sucessivamente, e as boas, só de vez em quando. O mundo em que vivemos, é o próprio inferno.

No que se refere à saúde, por exemplo, não sabemos quando vamos ficar doentes. Um simples resfriado tanto pode acabar logo, como também pode complicar e causar uma doença grave. Portanto, não podemos ficar despreocupados, pensando tratar-se apenas de um resfriado. Segundo a medicina, os micróbios estão em toda a parte e, por esse motivo, é impossível saber quando vamos contrair uma doença contagiosa ou quando um bacilo da tuberculose vai nos atacar. Consequentemente, as autoridades são muito exigentes em matéria de higiene, aconselhando-nos a manter tudo limpo, a não comer nem beber em demasia, a fazer gargarejo ao voltar da rua, a lavar as mãos antes das refeições, a prestar atenção aos alimentos e outras medidas semelhantes. São tantas as advertências, que chega a nos incomodar. Levar tudo isso em consideração é o mesmo que viver em uma sociedade assolada pelo medo.

Na maior parte dos casos, a pobreza e os conflitos provêm de problemas financeiros, que, por sua vez, se originam da doença. Assim, é óbvio que, se não nos tornarmos verdadeiramente sadios, jamais conseguiremos a tranquilidade absoluta. Talvez as pessoas achem isso inviável, mas se for de fato possível, não será uma extraordinária boa-nova? Eu asseguro que é possível, sim! A Igreja Messiânica surgiu com tal finalidade e afirmo que, além dela, não existe outra capaz de fazê-lo.

10 de Dezembro de 1952

Alicerce do Paraíso vol. 2

Título anterior: “Paz e segurança”.

95 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário