Manuel Zeferino – JC Chinguari – Luanda – Angola
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Chamo-me Manuel Kangandjo Zeferino,  frequentador e dedico como auxiliar do grupo terra.

Conheci a Igreja Messiânica em 2019 por intermédio da minha tia membro da Igreja.

Os motivos que levaram-me a ingressar na fé Messiânica foram: conflitos no local de trabalho, maus sonhos, uso excessivo de bebidas alcoólicas e drogas.

Os conflitos surgiam devido aos maus sonhos isto porque sempre que sonhasse com o meu tio que já partiu para o Mundo Espiritual brigava com o meu colega de serviço, pois este também aparecia no sonho. Por não entender os sonhos eu acusava o meu colega de ter matado o meu tio. Como as brigas eram constantes não conseguia dormir e para ter sono tinha que beber e fumar.

Foi neste quadro que a minha tia falou-me da Igreja Messiânica e dos seus milagres. Como ela reside em Benguela e eu já estava cansado de tanto sofrimento decidi por mim mesmo procurar a Igreja até que encontrei.

Na unidade religiosa fui recebido pelo plantonista, que após ouvir-me atentamente orientou-me as Práticas Básicas Messiânicas.

Cumpri com as orientações sem dificuldade, e em menos de duas semanas o conflito foi ultrapassado, os maus sonhos também, bem como diminui o uso excessivo de drogas e a felicidade começou a reinar no local de trabalho. Tudo mudou, os negócios começaram a prosperar, parei de frequentar lugares que me faziam mal.

Comecei a também por praticar a horta em minha casa e a encaminhar pessoas à fé. Nessa senda, tive a permissão de encaminhar um amigo que não tinha trabalho e nem lugar para morar. Graças a Deus e Meishu-Sama e ao cumprimento das orientações, ele conseguiu um trabalho e lugar para morar.

Com esta dedicação ganhei a permissão de concluir o meu donativo de outorga, com objetivo de tornar gembro para melhor servir na obra Divina.

A experiência de fé a seguir, está relacionada ao acompanhamento.

A minha mudança admirou muito a família, os amigos e os meus colegas de trabalho que faziam perguntas como: “Você entrou numa igreja de mentira ou de verdade?”. Estas perguntas deixavam-me sem jeito e as vezes sem resposta, mas também deram-me força para aprofundar nas práticas básicas da fé.

Assim sendo, ganhei a permissão de abrir 3 casas que estou a cuidar, onde vivenciei os seguintes milagres que passo a relatar.

Um frequentador que sofre de tuberculose, estava a purificar severamente. Como eu não ministrava Johrei, levei alguns irmãos para a sua casa que lhe assistiram com Johrei e oração e graças ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama ele está a melhorar consideravelmente.

Um frequentador que estava a purificar com dores de cabeça, através da leitura dos ensinamentos de Meishu-Sama sobre o Johrei,  ganhou compreensão sobre a purificação. Neste ínterim deu-se conta que as dores começaram a ceder e melhoraram substancialmente.

Uma frequentadora, tinha a vizinha com dores de parto e estava para ser operada. A ela eu tinha ensinado a entregar os problemas nas mãos de Deus e agradecer pela purificação, assim, nesse momento de aflição da vizinha, ela colocou em prática a orientação. Fez oração e agradeceu pela purificação materializando um donativo. Graças a isso, o estado da vizinha se restabeleceu e não mais precisou passar por cirurgia.

A minha família também estava frequentemente em hospital mas de um tempo para cá esse quadro mudou pois as purificações foram ultrapassadas com a dedicação e recebimento de Johrei. Até os meus avôs em outra província que purificavam muito hoje vivem uma vida feliz. O meu tio que reside no mesmo bairro e também frequenta a nossa igreja, ao tomar conhecimento que eu estou a frequentar também ficou muito feliz, despertou e é candidato a outorga.

Aprendi que quando praticamos as orientações com obediência, os nossos problemas naturalmente se resolvem pois estas orientações são a prática dos Ensinamentos de Meishu-Sama.

Comprometo-me  em empenhar-me mais na prática das 3 Colunas da Salvação. Até ao momento encaminhei 5 pessoas e cuido de 4 casas com um total de 10 pessoas.

Agradeço a Deus e ao Messias Meishu-Sama pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação.

A todos que atentamente ouviram o meu relato, muito obrigado!

Leia também: