Manuel Armando de Almeida Guerra Lopes – CA Maculusso/Angola

Chamo-me Manuel Armando de Almeida Guerra Lopes, tenho 62 anos de Idade, natural do Lubango, Província da Huíla, sou membro desde o dia 7 de abril de 2002 e dedico como encarregado de administração do Centro de Aprimoramento do Maculusso em Luanda.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola em outubro de 2000, por intermédio do Irmão Victor Alexandre Kissanga, membro da nossa Igreja.

Tendo vivenciado um milagre em janeiro de 2001, com meu sobrinho de 15 anos de idade, vindo da Cidade do Lubango, bastante doente, com aspeto físico cadavérico e acamado em casa havia dois anos com diagnóstico desconhecido e muito reservado, tendo feito várias consultas em clínicas e hospitais locais bem como várias deslocações à República da Namíbia sem resultados. Inclusive a família em situação de desespero recorreu várias vezes a um Curandeiro tradicional, a qual cheguei a presenciar uma das secções, também sem resultados. Perante este quadro clínico do meu sobrinho resolvi trazê-lo para Luanda, não para um hospital, mas sim com a intenção de o levar à   IMMA ao Johrei Center do Maculusso para receber Johrei, que operava muitos milagres. Não foi fácil convencer a família de tal decisão, pois não conheciam a Igreja, nem tão pouco eu, apenas recebia em minha casa Johrei através do Irmão Kissanga ocasionalmente. Portanto também não conhecia a Igreja.

Chegado a Luanda em finais de dezembro 2000, e por intermedio do Irmão Kissanga orientou-me que o levasse ao Johrei Center do Maculusso para receber Johrei contactando com a Ministra Tininha ou o Responsável Faria, assim o fiz.

Fomos recebidos pelo Responsável Faria hoje Ministro Adjunto e Diretor para Expansão da nossa Igreja que orientou   o recebimento intensivo do Johrei o que de imediato concretizou-se.

Todos os dias deixava o meu sobrinho na igreja das 14 horas às 19 horas altura em que o ia buscar. Não foi fácil este período porque houve muita resistência por parte do doente bem como da família na Província pressionando-me para que o levasse de volta pois se fosse para morrer morreria junto da família. A pressão era tão grande que tive que cortar o telefone de casa, pois na época não havia telefonia móvel. Em apenas 20 dias o jovem recuperou totalmente a saúde regressando a sua terra natal para alegria e felicidade da família. Hoje passados 19 anos o meu sobrinho nunca mais adoeceu, e está casado e tem 4 filhos residindo na cidade de Ondjiva Província do Cunene. O Milagre ocorreu em finais do mês Janeiro de 2001.

A experiência de Fé que passo a relatar aos senhores está relacionado com o meu ingresso na Fé Messiânica em abril de 2002.

Por Ingratidão a Deus e ao Messias Meishu-Sama, não agradeci pelo Milagre ocorrido com o meu Sobrinho, abandonei a Igreja e só voltei um ano depois com uma grande purificação resultado de um grave acidente viação que por milagre quase passava para o mundo espiritual e há um Ditado que diz “Quem não desperta por amor, desperta pela dor”

Passo a relatar os vários acontecimentos e avisos que recebi do Mundo Divino em 2001 e que o foram totalmente ignorados por mim:

  • Assim no dia 3 de março fui assaltado a mão armada e levaram a minha viatura
  • No Dia 17 de Março de 2001 e por acidente de aviação nas proximidades da cidade do Lubango, o meu patrão partiu para o Mundo Espiritual, a partir dessa data e por consenso da família passei a gerir a empresa até a data de hoje.
  • No dia 8 de agosto de 2001 houve um incêndio em minha residência que resultou na destruição completa de quarto da minha filha
  • No dia 24 de Outubro de 2001, desloquei-me à cidade do Lubango em missão de serviço e no dia 28 de Outubro de 2001, um domingo ás 6.00 horas de manhã dirigindo uma viatura da Empresa com um amigo partimos para uma fazenda há 30 Km de distância da cidade para passarmos lá o dia, só que ao meio do percurso e em terra batida aconteceu o acidente de viação em que fui projectado para fora da viatura, fiquei inconsciente e o meu amigo saiu ileso do acidente.

Quando despertei 2 depois dias do acidente,  já no hospital da Cidade do Lubango, tive  a noção que estava acamado com o braço do lado esquerdo partido e sem poder sentar-me e nem mover o braço direito por ter fracturado a clavícula do mesmo lado…Os dias foram passando e melhorias nada, até que no décimo dia um amigo visitou-me e falou para a família para eu ser evacuado imediatamente para Luanda se não morreria. Passados 2 dias fui evacuado em maca e internado no Hospital Militar com urgência e após exames feitos fui encaminhado  diretamente para Bloco operatório,  pois  além das fracturas no membro superior esquerdo  e da clavícula do lado direito, foi-me detetado  2 costelas partidas que perfuraram- me o pulmão, o mesmo continha muito sangue podre, pois já tinham passados 12 dias após o acidente… estava muito debilitado  e não tinha condições para fazer uma anestesia geral … a operação foi realizada a sangue frio para retirar o sangue  do pulmão.

Após a operação fiquei 3 dias na UTI, depois fui transferido para a enfermaria do hospital, na Rentabilização, permanecendo 44 dias, os dias seguintes foram dias muito difíceis da minha vida, só estava deitado e não conseguia sentar-me pois tinha muitas dores e não conseguia obrar, até o banho as enfermeiras é que me davam na cama. Até que um dia por volta 12.30 acordei e olhei para a banca de cabeceira vi 3 pequenas Ikebanas que o irmão Victor Alexandre deixou e não querendo acordar-me, acredito que também tenha feito oração e ministrado Johrei. Ao olhar para as flores minutos depois aconteceu o 1º milagre  deu-me vontade de ir ao banheiro,  com muito custo levantei-me e consegui obrar grandemente saindo do meu corpo  fezes muito escuras, para o meu alívio…ainda tinha uma operação para realizar ao braço pois como tinha contraído uma grande infeção  pulmonar não tinha condições para levar anestesia Geral para operação…os dias foram passando e no fim de 30 dias  fui operado ao braço esquerdo, mas não conseguia andar sozinho pois sentia algumas dores nas costas… dez dias depois da operação tive alta com recomendação médica de fazer caminhadas. Estava já na semana do Natal, portanto finais de 2001. Em janeiro de 2002 iniciei as secções de fisioterapia na clínica do Dr. Paulo Murias na Maianga durante 45 Dias em dias alternados. Durante as secções de fisioterapia continuava com dores nas costas, e por orientação Médica tive que fazer um TAC à Coluna e ao Tórax na clínica da Endiama em que os resultados não foram positivos. O TAC à coluna confirmou 2 fraturas na Dorsal 5ª e 6ª, que por milagre não fiquei paraplégico, ou seja, ficar numa cadeira de rodas para o resto de minha vida. Voltando a Consulta ao Hospital Militar, apresentar os resultados dos TAC, por recomendação médica tive que usar um colete para a coluna tendo mandado vir de Portugal de acordo com a medida solicitada pelo médico.

Chegando ao mês de fevereiro 2002 o meu estado de saúde continuava débil, sem melhorias, não podia conduzir muito menos trabalhar. Perante este quadro e já com algum desespero resolvi telefonar ao irmão Victor para fazer–me assistência em casa recebendo Johrei, o que prontamente foi atendido, tendo levado consigo mais 5 membros que passaram acompanhar-me em casa. Fui convidado pelos irmãos a deslocar-me todos dias ao Johrei Center do Maculusso para receber mais Johrei o que prontamente aceitei. Fui recebido pelo responsável Faria na altura e pela ministra Tininha orientando-me para receber muito Johrei todos os dias. Na primeira semana de recebimento de Johrei eu ia para o Johrei Center de boleia, pois não conseguia conduzir. Na segunda semana consegui já conduzir até Johrei Center…finalmente na terceira semana de recebimento de Johrei …comecei a trabalhar, o que não conseguia há seis meses desde o acidente de viação, decorria o mês de março 2002.

Após o meu restabelecimento e continuando fazendo consultas de controlo o meu Médico assistente na época disse que eu estava vivo por Milagre.

Como Gratidão a Deus e ao Messias Meishu-Sama, e aos meus antepassados, pelo milagre ocorrido na minha vida, resolvi tornar-me membro o que veio acontecer aos 7 de abril de 2002. Já tive a permissão de peregrinar ao Solo Sagrado de Guarapiranga no Brasil em Outubro 2002, aos Solos Sagrados de Atami, Hakone e Kyoto no Japão em 2003, ao Solo Sagrado da Tailândia em Maio de 2011 e ao Solo Sagrado de Africa. No ano passado tive a permissão de voltar a peregrinar ao Solo Sagrado de Guarapiranga Brasil com a Caravana de Africa.

Com esta experiência de Fé, aprendi, irmãos, que quem não desperta por amor desperta pela dor, pois foram várias vezes que recebi avisos Divinos e não despertava.

Faço o Dízimo, Donativo de Construção e Donativo diário. Renovo aqui meu compromisso de ser cada vez mais útil a OBRA DIVINA.

Ao Reverendo, Ministros, Responsáveis, Membros e aos meus Antepassados, que contribuíram para cimentar a minha Fé o meu muito Obrigado.

A todos que ouviram o meu relato de fé o meu muito obrigado.

89 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário