Tussamba Baianga Pedro – JC Ngola Kiluange – Luanda/Angola

Chamo-me Tussamba Baianga Pedro, sou casado, resido no bairro da Marcone III em Luanda no município do Cazenga e dedico como responsável de unidade.

Conheci a Igreja Messiânica no dia 16 de agosto de 2001, por intermédio da minha irmã mais velha, a senhora Maria Baianga, membro de nossa igreja.

Durante 15 anos sofri com fortes dores de estômago, maus sonhos, insônia, falta de apetite, os meus filhos eram vítimas de algumas das epidemias que já assolaram a cidade de Luanda. Para ultrapassar este sofrimento recorri aos hospitais e locais de tratamento tradicional, gastando grandes somas em dinheiro, mas não obtive melhorias.

A minha irmã, cansada de me ver sofrer levou-me a Igreja Messiânica onde fui recebido pelo plantonista que após ter-me ouvido atentamente, orientou o seguinteː

  • Receber 10 Johrei por dia;
  • Manter a flor de luz em casa;
  • Ler os ensinamentos de Meishu-Sama;
  • Fazer donativos diários e o dízimo;
  • Fazer dedicação de Limpeza da nave e do wc; e
  • Cultuar os Antepassados.

Através do cumprimento dessas orientações em apenas 17 dias, o sofrimento que atormentava a mim e a minha família a 15 anos foi ultrapassado. Para manifestar a minha gratidão, tornei-me membro, com o objectivo de participar na salvação de outras pessoas. Recebi o sagrado Ohikari no dia 02 de setembro de 2001. 

A experiência de fé que passo a relatar, relaciona-se com o poder do Johrei e à leitura dos Ensinamentos de Meishu-Sama durante o estado emergência.

No dia 21 de março fomos convocados pela direção da Igreja para um encontro de esclarecimento sobre as medidas de prevenção que devemos manter para evitar a propagação do novo COVID-19. Este encontro foi dirigido pela Vice-Presidente da Igreja Messiânica em Angola a Ministra Ernestina Olinda Prazeres Coimbra.

No termino do encontro, fiquei muito triste e perturbado e depois tive um susto ainda maior pois pelas notícias dava conta de muitas mortes a cada 24 horas pelo mundo. Lembrei de um trecho da palestra que o responsável da região, tinha feito tempos atrásː “A ação que purifica as criaturas possuidoras de muitas máculas é a tábua da verdadeira salvação”. E frisou também: “Meishu-Sama costuma ensinar que a doença, a pobreza e o conflito, são processos purificadores. A doença é o principal porque afecta a própria base da vida”.

Para me tranquilizar ainda mais, li os ensinamentos de Meishu-Sama e no livro Alicerce do Paraíso na página 250 que encontrei o seguinteː “Sobre a surto de epidemia por exemplo, embora o aparecimento do vírus seja uma causa directa, deve-se ao facto de terem surgido homens, com necessidade de purificar. Trata-se de uma ocorrência natural baseada na lei da concordância que se aplica a todas as coisas existentes na face da terra”. Na pág. 256 Meishu-Sama ensina que a verdadeira solução das doenças e de outras desgraças depende de uma força invisível. Depois desta reflexão, procurei passar a fazer a minha dedicação com mais gratidão. Limpeza do altar da unidade, fazer o Oniku, a oração matinal todos os dias junto com a equipa da liturgia e ministrar Johrei na família.

Ocorrências

  1. Depois de dois dias de quarentena, a minha casa assolada com a enfermidade de paludismo e febres altas. Começou com o meu quarto filho. Fomos ao altar do lar, fizemos oração, um donativo especial e levei-o ao centro médico próximo de casa. Foi observado, mas a febre muito alta não baixava mesmo depois de ter tomado banho por duas vezes. Aí mesmo ministrei-lhe Johrei durante 45 minutos e graças a Deus a febre baixou. Ele recebeu o diagnóstico e receitaram medicamentos para tomar. Compramos os fármacos e fomos para casa. Porém com a ministração contínua de Johrei diariamente mesmo antes de terminar a medicação, ele melhorou consideravelmente. Outros filhos que também ficaram doentes mostrando os mesmos sintomas, mas desta feita decidimos não leva-los ao hospital e nem foi preciso pois somente com a ministração do Johrei, leitura dos Ensinamentos de Meishu Sama e oração acompanhada com um donativo especial de gratidão pela purificação que estávamos a passar, em uma semana tudo foi ultrapassado.

  2. Uma missionaria que pela primeira vez, sofreu de tensão alta, foi levada ao hospital. Quando recebeu alta, voltou para casa. Ao receber a minha visita, pedi-lhe que recebesse Johrei, ela negou redondamente dizendo que o Johrei estava a piorar a situação. Eu não refutei e apenas repeti para ela: “O homem depende do seu pensamento!”. Despedi-me, mas antes fiz uma oração para pedir perdão no altar da sua casa. Três dias depois, ela foi a nave para falar comigo. Pediu desculpas e disse que na entendeu que na verdade era o excesso de remédios que estava a acelerar o seu sistema nervoso. Após ouvi-la, levai-a ao altar e agradecemos pela purificação com um donativo especial. Ela voltou a receber Johrei e em uma semana melhorou completamente. Ela compreendeu finalmente que aumento da luz acelera realmente a purificação, mas tudo para a verdadeira cura.

  3. Uma frequentadora externa, de 40 anos de idade, estava com uma dor muito forte no pé que surgiu de repente e que a impossibilitava de andar. Com esta situação ela solicitou a presença de um missionário vizinho, para lhe ministrar Johrei. Quando o irmão chegou, oraram primeiro, e depois este a ministrou Johrei durante uma hora e meia. No dia seguinte o missionário foi visita-la novamente, não a encontrou. Mas disseram que senhora tinha ido ao mercado para fazer compras. No regresso a casa ela encontrou com o missionário e disse: “A oração que recebi do senhor fez-me sentir muito bem e até consegui ter um sono tranquilo”. Ela agradeceu bastante e reconheceu que Meishu-Sama é o Messias Salvador da humanidade.

  4. Um frequentador interno de 29 anos de idade, estava com muita febre decorrente do paludismo. Não conseguia levantar da cama durante três dias. Recebeu assistência religiosa, Johrei e Leitura dos ensinamentos durante uma hora e no dia seguinte ele acordou bem e até foi jogar a bola. Vendo esse milagre todos membros da sua família passaram a receber Johrei e agradecem pela assistência religiosa.

  5. Os filhos da encarregada de Liturgia segundo ela, antes do período de quarentena, não participavam na oração nem dos cultos no lar; só se fosse por obrigação. Entretanto, nesta fase de pandemia eles passaram a ver pela televisão, como as pessoas estão a morrer mesmo nos países mais desenvolvidos do mundo. Assim tomaram consciência de suas missões como messiânicos e graças a Deus, hoje são eles que tomam a dianteira se preocupando em orar e fazer os cultos. Já entendem que tudo está no comando de Deus e Meishu Sama.

  6. O assistente da liturgia, estava com muita dor na garganta e durante de 4 dias não conseguia engolir nada. Em certo dia desse período ao dormir, ouviu uma voz a dizerː “Se tu salvas outras pessoas, por que não te salvas com a corda da salvação que tens?”. Quando despertou, começou a auto ministrar-se Johrei. No dia seguinte começou a deitar muito catarro. E graças a Deus conseguiu beber um pouco de água. Dando continuidade com a prática, a purificação passou completamente. Agradeceu com um donativo especial.

Entendo agora o Ensinamento: Segundo uma lei do universo onde tiverem impurezas, infalivelmente, surgirá uma acção purificadora para elimina-las”. Nós homens, precisamos obedecer a vontade do Supremo Deus e saber que como diz o ditado: “Depois da tempestade, vem a bonança”.

 O meu compromisso é me esforçar em colocar na prática junto com os meus braços as orientações superiores participando na formação do elemento humano e formação das 100 mil famílias convictas. Tenho o altar do lar, a imagem de Kannon, faço dízimo, o donativo da construção e diário. Cuido de duas casas de frequentadores com um total de 05 pessoas.

Agradeço a Deus ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela permissão de estar nesse caminho. Agradeço aos nossos superiores, que sabiamente têm nos orientados no dia-a-dia. Aos ministros, responsáveis, membros, frequentadores e a todos quantos têm contribuído para o meu crescimento espiritual, a minha gratidão.

Muito obrigado!

157 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário