Verónica Caculo Ndala – JC Boa Vista/Bié-Angola

Chamo-me Verónica Caculo Ndala, Tenho 18 anos de idade, resido no bairro Santos, sou frequentadora e dedico como assistente da liturgia na unidade acima citada.

Conheci a IMMA, no ano de 2013, por intermédio da minha mãe, a Senhora Júlia Mbaca, membro e dedicante desta Igreja.

Os motivos que levaram-me a conhecer a Igreja foram doenças e maus sonhos. Quanto à doença, sofria de dores de barriga e muitas dores nos ombros. Os mesmos eram tão pesados que parecia que carregava sacos nas costas. Esses problemas começaram desde a minha infância.

Para solucionar esses problemas na altura meus pais levaram-me nos quimbandas e nos hospitais, mas sem resultados satisfatórios.

Após minha mãe conhecer a Igreja Messiânica e ver os seus problemas de dores de cabeças constantes e cáries dentárias sendo resolvidos com o Johrei e outras dedicações, decidiu também me encaminhar para a Igreja, e em apenas duas semanas de dedicação os meus problemas foram solucionados.

Depois de alcançar a cura das doenças, me afastei da Igreja. Entrei num caminho obscuro, mesmo sendo adolescente consumia muito álcool e acabei por ficar grávida aos 16 anos de idade. O meu pai na tentativa de me tirar no mundo do alcoolismo levou-me à uma curandeira que disse que tinha um espírito aprisionado no meu ventre que me induzia a beber. Disse ainda que tinha um Senhor que me usava de noite e do jeito que eu levava a vida, um dia acabaria por ficar maluca. Foi neste estado de sofrimento que decidi voltar a procurar Meishu-Sama.

A experiência de fé que passo a relatar aos senhores está relacionada com o cumprimento das orientações superiores.

Conforme relatei acima a forma como eu levava a minha vida, gostaria de relatar aos senhores as mudanças que tive após reencontrar com o Messias Meishu-Sama. Eu vendia o negócio da minha mãe e um belo dia tinha vendido uma quantia de 8.000 kwanzas. Mas, junto com as minhas amigas acabamos por usar o dinheiro todo no álcool. E através disso vi a relação com os meus familiares sendo cortada, me senti desprezada.

A minha mãe procurou o responsável da unidade que à aconselhou a levar-me para Igreja. Um facto misterioso aconteceu em minha casa no dia que minha mãe me acordou para vir a Igreja! Havia um amigo meu que também consumia muito álcool e acabara de completar uma semana de falecimento. Encontrei as suas fotografias na nossa casa de banho, mesmo a porta estando fechada! Ninguém entendeu como as fotos foram parar naquele lugar. No meio desse desespero, ganhei força e decidi procurar a Igreja. Também o pai do meu filho não ligava para mim. Tinha me desprezado, não queria nem saber da criança.

Todos esses problemas relatei ao responsável e este orientou-me a distribuir 30 flores por dia na porta da unidade, a me enquadrar na liturgia e ficar focada na dedicação que tudo poderia mudar dependendo do meu esforço e entrega. E devido ao problema de relacionamentos que tenho passado, este orientou-me a ficar um ano sem namorar. Disse-me ainda que, na medida que me esforçasse, iria atrair muitas pessoas, uns para me atrapalhar, outros para me ajudar a cumprir a minha missão. Mas, precisava ter calma e relatar todas as mudanças para ele.

Fruto do empenho nas dedicações obtive as seguintes mudanças:

  1. Voltei a conquistar a confiança dos meus familiares! Hoje sou uma pessoa amada e querida por todos! O meu pai que não me considerava como sua filha, e dizia que eu estava perdida, graças a Deus voltou a me apoiar financeiramente e tem se preocupado muito comigo.
  2. O pai do meu filho que não ligava há muito tempo, agora liga semanalmente e neste final de semana me disse:  “Ouvi que mudaste, já não bebes mais e estás na Igreja, por isso quero voltar contigo!”
  3. Também nunca ninguém se interessava em ter algo sério comigo! Desde que estou na Igreja o número de pretendentes aumentou. Antes era difícil alguém me conquistar. Inclusive um jovem após começar a frequentar a Igreja, passou a se interessar por mim e vem todos os dias em minha casa para conversar com os meus pais porque quer fazer apresentação. Mas como já fui alertada sobre este ponto pelo responsável, toda vez que alguém se aproxima com a intenção de me conquistar, procuro sempre comunicar ao responsável, pois fui orientada que quando existir segredo entre eu e o meu orientador a actuação de Deus também é fraca.
  4. As minhas amigas estão cada vez mais admiradas com a minha mudança. Algumas até dizem que a minha mãe me deu medicamento para parar de beber, outras dizem que sou burra e estou a perder muitas coisas.
  5. Eu estudo numa escola privada e o meu pai que deveria pagar a mensalidade não estava presente, por isso no mês de março fiquei dois dias em casa sem ir à escola porque não tinha meio de liquidar a mensalidade. Quando fui à secretaria, fui informada que os meus colegas juntaram dinheiro e pagaram a minha mensalidade, coisa que nunca aconteceu na minha escola!
  6. Também fui assaltada, a minha pasta foi levada! Porém, após 30 minutos um outro jovem trouxe a pasta e disse:” Toma a sua pasta! O que nós queríamos não encontramos!” Confesso que dentro da mesma tinha telefone, dinheiro e roupa da bebé, mas eles não mexeram em nada.

Para agradecer todas essas graças, materializei um donativo de gratidão.

Com essa experiência e mudanças que obtive na minha vida, aprendi que Meishu-Sama significa muito para mim! Difícil de Lhe definir, posso dizer que é o grande transformador de vidas egocêntricas em vidas centralizadas em Deus! Que cumprindo as orientações superiores, a nossa vida muda.

Já encaminhei duas amigas minhas que também eram do mundo do alcoolismo.

O meu compromisso é esforçar-me para ganhar a permissão de tornar-me membro e participar na Obra de Meishu-Sama de Salvação de pessoas, principalmente das que estão no mundo em que me encontrava.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e meus Antepassados pela permissão de fazer parte desta família Messiânica. A minha mãe, pela paciência e amor! Mesmo estando desviada, sempre procurava orar e não desistiu de mim.

Aos Responsáveis, membros, frequentadores, os meus sinceros agradecimentos.

Muito obrigada!

102 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário