Cléria Marques do Espírito Santos – NJ São Miguel – Luanda/Angola

Chamo-me Cléria Marques do Espírito Santos, sou membro e dedico como encarregada do grupo terra e do Sanguetsu.

Conheci a Igreja Messiânica em 2003, por intermédio do meu sogro, membro desta Igreja.

Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram: doenças da minha filha e conflitos conjugais.

Durante vários anos a minha filha adoecia muito, com fortes febres, dores de cabeça. Também tinha vários conflitos no lar com o meu esposo, tudo isto devido à doença da filha. Para solucionar estes problemas, percorri vários hospitais, clínicas e frequentei três casas de quimbandas, onde gastei avultadas somas em dinheiro, sem obter resultados satisfatórios.

Foi neste calvário, que o meu sogro, vendo o sofrimento da neta, encaminhou-me na Igreja Messiânica. Na unidade religiosa, fui recebida pelo plantonista que após ouvir-me atentamente, orientou-me o seguinte:

  • Receber 10 Johrei por dia

  • Dedicar no banheiro e na nave

  • Participar no culto matinal e vesperal

  • Peregrinar aos locais de maior luz.

Cumpri com as orientações sem dificuldades, e no prazo de 15 dias de dedicação, tudo foi solucionado. Como gratidão, fiz um donativo especial de agradecimento e posteriormente tornei-me membro para melhor servir na Obra Divina.

A experiência de fé que passo a relatar aos senhores está relacionada com as práticas básicas da fé, Johrei e o Donativo especial, neste estado do confinamento social.

No dia 7 do corrente mês, quando saí da Igreja fui visitar uma frequentadora que estou a cuidar. Chegando em sua casa, encontrei a mesma a purificar com fortes dores no corpo. Assim sendo, pedi permissão ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama, encaminhando todos os ancestrais e antepassados que estavam a se manifestar naquela Purificação. De seguida, Fizemos a Oração e Ministrei-lhe Johrei durante três horas.

A purificação acelerou e nasceu em mim o sentimento de fazermos um donativo especial para agradecer a purificação. Tirei todo dinheiro que tinha na pasta para a compra do meu jantar e a mesma tirou todo valor que tinha em casa e materializamos o donativo. Mas, as dores intensificaram no mesmo instante. Ela sentia fraqueza, vómito, e disenteria e muito frio no corpo. De imediato, pediu-me que a levasse ao hospital de Cacuaco. Quando chegamos ao hospital, fomos recebidas pelos enfermeiros e depois da mesma ser examinada decidiram aplicar-lhe soro. Porém, não conseguiam localizar as veias. Os médicos ficaram muitos preocupados. Um dos médicos ao reparar-me disse: “Messiânica, aproxima mais para ministrar Johrei!” Respondi-lhe que já estava a ministrar. Como se não bastasse, entraram na mesma sala três senhores que levaram uma senhora desmaiada e meteram a mesma na cama. Fiquei assustada ao ver o estado crítico da senhora. Nasceu em mim o sentimento de desapegar da minha frequentadora e comecei a ministrar Johrei na senhora.

Os médicos que estavam a tratar da frequentadora localizaram a veia e aplicaram-lhe o soro. Passando 30 minutos, a mesma recuperou. A família da senhora que havia desmaiado estava muito preocupada, porque a mesma não apresentava nenhuma reação. Sendo assim, perguntei ao seu esposo o que realmente ela sentia. O mesmo explicou-me que havia deixado a sua esposa em casa bem, e os vizinhos ligaram para ele dizendo que ela teve uma crise às 6 horas e foi levada ao centro de saúde do Sequele, onde permaneceu durante nove horas. Como ela não reagia, fomos transferidos para este hospital. Assim sendo, pedi para o senhor se poderia fazer uma oração.

Como a situação era crítica, o senhor aceitou. Sem hesitar, fiz a oração encaminhando todos os antepassados que estavam presos na mesma purificação. Depois do término da oração, continuei a ministrar Johrei e falava dentro de mim: “Messias Meishu-Sama, a minha frequentadora já está recuperada, como vai ficar esta senhora?”. Um dos familiares da doente perguntou o que realmente eu estava a fazer com a mão levantada. O marido respondeu: ” Esta senhora está a fazer oração!” De seguida, todos saíram e permaneci na sala. Após cinco horas, entrou o doutor e disse-me: “Eis uma! messiânica de verdade!” Espantada e Ouvindo aquelas palavras, agradeci do fundo do coração e comecei a sorrir.

Com um gesto de gratidão, continuei a ministrar Johrei e trinta minutos depois, a senhora acordou assustada e perguntou onde estava. Pedi a ela que ficasse calma e que estava no hospital e seus familiares estavam do lado de fora. Perguntei-lhe o que estava a sentir e se desejava alguma coisa para comer ou beber. Ela respondeu que só queria ir para o banheiro. O seu esposo entrou na sala e ela começou a chorar. Ele acompanhou a mesma até ao banheiro.

Os médicos e os familiares que acompanhavam a doente ficaram admirados com o milagre que tinha acontecido, porque a mesma não tinha recebido tratamento medico e não foi examinada. Quando regressaram do banheiro, a doente e o seu esposo agradeceram pela oração que havia feito. Dei-lhes o endereço da Igreja e expliquei a eles sobre as três colunas da salvação e a missão do Messias Meishu-Sama na face da terra. No dia seguinte, todos nós recebemos alta.

Com este milagre, aprendi que Meishu-Sama é o Messias esperado pela humanidade e o Johrei é a medicina do século XXI. Aprendi também que não devemos ficar apegados em nossos problemas e a felicidade é como a água de um recipiente, quando puxamos ela se afasta e quando empurramos, ela volta!

Por Permissão do Supremo Deus, do Messias Meishu-Sama e dos meus antepassados, já encaminhei mais de 250 pessoas na Igreja, dos quais 25 são membros. Faço o Dízimo, donativo diário e de construção. Tenho a horta caseira e sou cadastrada. Cuido de 4 casas de membros e seis de frequentadores.

O meu compromisso é continuar a levar a corda da salvação para outras pessoas que estão a sofrer!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados, pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação.

Aos ministros, responsáveis, missionários, membros e frequentadores que ouviram o meu relato de fé, o meu muito obrigada!

84 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário