João Ribeiro Caetano – JC Cabolombo – Luanda/Angola

Chamo-me João Ribeiro Caetano, tenho 11 anos de idade, sou membro e dedico como assistente do grupo Terra.

A experiência de fé que passo a relatar aos senhores, está relacionada com o empenho na Obra Divina.

De um tempo para cá, eu e os meus irmãos passamos a adoecer constantemente. Motivo pelo qual estávamos constantemente nos hospitais.

Em 2018, comecei a empenhar-me diariamente na prática das orações na unidade junto com minha mãe e as minhas irmãs. Com isso, a nossa saúde melhorou bastante. Deixamos de adoecer constantemente. Eu ganhei a permissão de tornar-me membro em 2019.

Mesmo assim, não tinha uma postura adequada. Chateava-me por qualquer coisa, era muito agressivo até nas brincadeiras com os meus amigos, como também não gostava de partilhar os meus pertences nem mesmo com os meus irmãos. Nessa altura eu tinha constantes dores de cabeça e tinha poucos momentos de alegria, estava mais sério do que a sorrir.

No entanto, no princípio do ano em curso, passei a empenhar-me na Obra Divina junto com minha mãe. Passei a participar das marchas de visitas nas casas dos fiéis, limpeza diária da unidade, desafio de orações em casa com a família e donativo diário.

Não sei descrever, mas, passei a sentir uma força invisível que me motiva a dedicar diariamente. Outra prática que comecei a fazer, foi o estudo e cópia dos ensinamentos de Meishu-Sama. Graças a isso, sinto-me mais inteligente que antes e também melhorei as minhas habilidades de leitura.

Quando me dei conta, graças a Deus, deixei de ser agressivo com meus amigos, deixei de ficar nervoso com facilidade e a partilhar até coisas insignificantes com as outras pessoas. As dores de cabeça pararam de incomodar-me. Sinto-me uma criança melhor e despertei para continuar com as dedicações.

Aprendi que, a nossa felicidade depende da felicidade que levamos para outras pessoas. Aprendi ainda que o Johrei é realmente a medicina do Século XXI!

Comprometo-me a empenhar-me na Obra de Deus e ajudar na salvação do maior número possível de pessoas.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados, por me terem mostrado este maravilhoso caminho da salvação. A minha gratidão aos meus pais, por todo apoio e educação!

Muito obrigado.

89 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário