Emanuel Hisidivali – JC Ombadja – Cunene/Angola_POR

Chamo-me Emanuel Ndiite Hisidivali, sou membro da Igreja desde Novembro de 2008. Conheci a Igreja através de um membro da Igreja.

Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram: doenças e dificuldades financeiras. Sofria de muitas dores no corpo, algumas vezes sentia-me como se estivesse a queimar, outras vezes com muito frio, o corpo despelar, não conseguindo por isso levantar-me da cama, no que fiquei paralítico durante 18 anos.

Fiz tratamentos médicos em Angola e na Namíbia. Também frequentei muitas casas de quimbandeiros à procura de solução, gastando muito dinheiro. Desanimado e desesperado, fiquei em casa aguardando pelo pior. Minha esposa, impaciente, deixou-me aos cuidados da minha mãe que, todos os dias chorava de tanta tristeza, não suportando, por fim, deixou-me também aos cuidados de dois sobrinhos e da minha filha cassula.

Foi nessa altura que, para minha sorte, apareceu o irmão Óscar em minha casa e falou-me sobre a fé messiânica. Depois de ouvir-me atentamente, ministrou-me Johrei, colocou flores de luz em casa e fez também a horta caseira, orientando de seguida, algumas práticas básicas da Igreja.

No dia seguinte, o irmão acompanhado de mais alguns, fizeram limpeza profunda em casa, incluindo da roupa que se encontrava suja. A partir daí, comecei a receber assistência religiosa diariamente. Dias depois, apareceu um redemoinho forte que invadiu a minha casa, arrancou duas chapas de zinco que quase cortaram o pescoço da minha sobrinha. Além disso, quebrou duas cadeiras, destruiu algumas casas na vizinhança, retornando à minha casa levantou todo o tecto. Mesmo sem entender, agradeci do fundo do coração pela proteção da família. A seguir, durante uma semana, purifiquei com disenteria, febres altas, tosse e gripe.

Depois destas purificações, as portas se abriram e minha vida começou a transformar-se:

– Tive permissão de receber a visita do comandante municipal e do administrador comunal que negociaram parte do meu terreno para parque de estacionamento municipal e em troca passei a receber bens alimentares quinzenalmente.

A minha família, que há muito não me procurava, começou a visitar-me. Meus irmãos e minha sobrinha ofereceram-me um montante acrescido de 20 chapas de zinco. Assim, comecei a construir minha casa definitiva.

– Os padres e madres que também há muito haviam deixado de visitar-me, apareceram e, notando em mim grandes mudanças, procuraram saber a que se devia. Assim, aconselharam-me a continuar aceitando as orientações com gratidão, porque aí estava a minha salvação.

– Um dos meus irmãos ganhou a graça de comprar um carro, passando a levar-me à Igreja todos os dias para receber johrei. Dessa forma, melhorava a olhos vistos e após 4 anos, comecei a andar, algo que deixou espantada muita gente!

Como gratidão materializei um donativo especial e ofereci 600 metros de terreno onde será instalada a rede da salvação do bairro Caimo e em 2011 tornei-me membro.

Aprendi com essas experiências, que Meishu-Sama é realmente o Messias esperado pela humanidade e que também o johrei é a medicina do século XXI!

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados, pela permissão de conhecer este caminho da salvação!

Muito obrigado!

 

89 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário