Mariana Dias Silvestre – JC Ngola Kiluanje/Luanda/Angola

Chamo-me Mariana Dias Silvestre, sou missionária e dedico como assistente Sol. Conheci a Igreja Messiânica em 2000, por intermédio do meu filho membro da igreja.

A experiência de fé, que gostaria de compartilhar com os senhores está relacionada com a força da oração e do Johrei durante essa fase de calamidade.

Na fase de Calamidade Pública, como a orientação é ficar em casa, pensei em dar o cumprimento das práticas básicas da fé a partir do meu lar. Pedi para meu neto activar o alarme no meu telefone e comecei a fazer as orações periódicas de 3 em 3 horas, inclusive às 00 horas. Além disso, a ministrar o Johrei aos meus familiares em casa.

  1. Minha bisneta, de 7 anos de idade, estava a purificar. Os pais levaram-lhe ao hospital onde foi diagnosticada febre tifoide e paludismo. Foi-lhe receitada a medicação para combater. Ela não gostava de tomar comprimidos, mas, os pais a obrigavam e ela vomitava o que havia ingerido. Eu falei com os seus pais: ” Vou passar a ministrar-lhe o Johrei!”. Os pais ficaram cépticos, mas, aceitaram. Comecei a ministrar-lhe o Johrei de manhã, de tarde e à noite. Depois de 3 dias de Johrei, a febre e o vómito passaram por completo. A menina começou a brincar à vontade e os pais, vendo o sucedido, disseram: ” Afinal, o Johrei funciona mesmo e é bom!”. Agradeci com um donativo pela graça recebida.
  2. Minha neta de 22 anos de idade, vive comigo. Faz tempo que ela não aceita receber o Johrei. Ao dormir, ela falava durante o sono, como se estivesse a lutar com alguém, gritando:” Deixe-me! Deixe-me!”. Eu pensei: “Como ela não gosta de receber Johrei, vou começar a ministrar-lhe quando estiver a dormir!”. Assim o fiz e depois de 3 semanas de ministração de Johrei, para o meu espanto os maus sonhos e gritos que ela apresentava foram ultrapassados. Quando falei com ela que não estava mais a gritar durante o sono, ela ficou muito contente. Agradeci ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama pelo milagre!

Com essa experiência de fé, aprendi que, na fase que o mundo está a passar por essa purificação, precisamos aprofundar na ministração do Johrei aos nossos familiares todos os dias! Aprendi também, que o Johrei é realmente a medicina do século XXI e Meishu-Sama é o Messias esperado pela humanidade!

O meu compromisso é de participar na formação das 100 mil famílias convictas e ministrar 10 johrei por dia! Tenho a imagem da Kannon e cuido de duas casas de frequentadores com um total de 6 pessoas. Tenho a horta caseira, pratico o dízimo, donativo de construção do solo sagrado e donativo diário.

Agradeço a Deus e ao Messias Meishu-Sama pela permissão de conhecer esta igreja! Aos ministros, responsáveis, membros, frequentadores e primeira vez e ao meu filho que serviu de instrumento para o meu encaminhamento a fé, minha eterna gratidão!

Muito obrigada!

96 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário