MARGARIDA POMPÍLIO – CA SUMBE/CUANZA-SUL/ANGOLA

Chamo-me Margarida Pompílio, dedico como auxiliar do Sanguetsu.

A experiência de fé que passo a relatar para os senhores, está relacionada com o cumprimento das orientações dos nossos superiores, o poder do Johrei e da oração.

No mês de Abril do corrente ano, estávamos a passar por uma séria purificação de fome. No mês de março, o meu esposo recebeu o salário e foi para a casa da segunda mulher, para onde levou a cesta básica e fez outros gastos, deixando a nossa casa sem alguma assistência alimentar. Os vizinhos que nos ajudavam com alguma coisa para comer, pois ele só vinha para dormir, isso se aparecesse!

Certo dia, ao chegar à casa, exibindo o dinheiro que trazia, pediu que a minha sobrinha o acompanhasse para irem às compras. Depois de chegar na loja, ele desapareceu, e só voltou a aparecer em casa no dia seguinte sem dinheiro, sem telefone e todo revoltado, disse: “Vocês só podem ser  bruxos, pois fizeram roubar-me o telemóvel; tudo porque não vos dei o meu dinheiro; mas agora é que não vos dou mesmo nada!”.

Não suportando mais a situação que estava a viver, decidi arrumar as minhas coisas e ir embora. O meu esposo, preocupado, resolveu falar com a sua tia pedindo para que ela conversasse comigo. Ela assim o fez, mas pediu também ao sobrinho que mudasse de comportamento. Aceitei voltar, mas, fui orientada a fazer um donativo especial para agradecer pela purificação. Dias depois, foi feita oração em minha casa, e todos recebemos Johrei. Para o meu espanto, quando o meu esposo recebeu o salário do mês seguinte, abasteceu a casa e entregou-me mais alguns valores. Materializei a minha gratidão com donativo especial. O que mais me deixou espantada é a mudança do meu esposo que agora preocupa-se mais connosco, o que trouxe grande harmonia ao nosso lar.

A outra experiência que vivi foi a de um frequentador que convidei a assistir o culto em minha casa. Terminada a oração, ele resolveu desabafar. Contou que desde que separou-se da primeira esposa, não conseguia arranjar outra mulher pois os seus familiares não aprovavam. Porém, passado algum tempo, conseguiu constituir um novo relacionamento. No entanto, a parceira está senhora depois que ficou concebida, não conseguia dormir em casa dele, não conseguia cozinhar e quando o fizesse não conseguia comer. Também ouvia vozes e não tinha tranquilidade. Como já não aguentava viver assim, naquele momento, ele estava a pensar em separar-se. Após ouvir o seu relato ministrei-lhe Johrei e depois fomos à sua casa fazer oração. Espantoso foi ver que a partir desse dia a situação foi ultrapassada.

Eu aprendi que Meishu-Sama é realmente o Messias que veio para nos tirar do inferno.

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados, pela oportunidade de conhecer este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigada!

98 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário