ROSA PITRA ANTÓNIO – JC ECOMCAMPO – LUANDA – ANGOLA

Chamo-me Rosa Pitra António, sou membro e dedico como encarregada das experiências de fé e da locução.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola por intermédio dos meus pais a quem tenho profunda gratidão.

Os motivos que me levaram a conhecer a Igreja Messiânica foram doenças. Em Janeiro de 2016, comecei a sentir-me mal sem entender a causa. As dores intensas, obrigaram-me a ir ao posto médico. Os exames, acusaram febre tifoide, hipertensão e princípio de trombose. Realizei vários tratamentos sem obter resultados satisfatórios e como se não bastasse, ao invés de a doença desaparecer surgiram outros sintomas como: náuseas, tonturas, coração acelerado, coisas a andarem-me no corpo, cansaço e muita dor de cabeça.

Tais patologias fizeram com que eu frequentasse diversas clínicas de renome, tendo gasto avultadas somas em dinheiro sem alcançar resultados desejados. Fiquei internada numa clínica onde medicaram-me bastante, mas sem solução, até que certa vez o médico disse-me que a minha doença já não tinha cura, e o último recurso era voltar para casa e esperar a hora de morrer.

Os meus pais eram membros da Igreja Messiânica e tinham intenção de levar-me para a igreja, mas, os outros familiares eram contra a igreja e vendo o meu estado, disseram que era melhor apostar nos tratamentos tradicionais, e assim se fez. Numa das casas de tratamentos tradicionais foi diagnosticado que eu tinha também via aberta. Cumpri com todos os rituais, mas não obtive melhorias. Por fim, fiquei frustrada e pedia à Deus que me tirasse a vida, pois, já não suportava tanto sofrimento. Como os meus pais já eram membros, mas eu era crente de outra Igreja, sem confiança alguma na doutrina messiânica. Assim, eles pediram para que eu experimentasse receber Johrei. Como estava num beco sem saída, aceitei o convite, mas com previsão de que quando ficasse curada voltar para minha igreja.

Foi assim que o meu pai levou-me ao Johrei Center do Ngola Kiluanje, onde fui recebida pela responsável, que ministrou-me Johrei. Ao faze-lo, naquele mesmo momento desmaiei. Depois de eu me recuperar comecei a sentir tonturas, e em seguida perguntou-me se eu acreditava em Deus, e respondi que sim. Foi então que orientou-me às práticas básicas da fé messiânica.

Cumpri com as orientações com muitas dificuldades, visto que era muito duvidosa, não aceitava limpar o banheiro e com a minha arrogância, notava que tudo que fazia na unidade era imperfeição, achando que os missionários eram todos incapazes, excepto os meus pais.

Mesmo não acreditando no Johrei e Muito menos em Meishu-Sama, decidi cumprir com as orientações sem vacilar e deste modo obtive mudanças significativas que passo a relatar para os senhores:

Com a prática do recebimento do Johrei e a limpeza do banheiro no meu dia-a-dia, notei que já não desmaiava e como se não bastasse, passei a conseguir fazer os trabalhos domésticos normalmente. A condição de saúde melhorou tanto que milagrosamente, comecei a ficar fora de casa várias horas, e a ficar em pé, coisa que não acontecia antes.

Com a participação nas marchas de distribuição de flores, peregrinação aos locais de maior luz da igreja e os donativos especiais de gratidão as dores que sentia desapareceram sem deixar vestígio.

Ganhei a permissão de encaminhar a minha irmã menor, os meus amigos e alguns familiares para a igreja. Posteriormente tornei-me membro no dia 24 de Setembro de 2017, com o objectivo de encaminhar o maior número de pessoas que se encontram em sofrimento.

Depois de receber o sagrado Ohikari a minha condição física e espiritual melhorou ainda mais. Hoje, já não faço o uso de medicamentos e, tenho simplesmente o Johrei, e os produtos da Agricultura Natural como a fonte para a minha saúde.

Graças à Deus e ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, agora entendo que a doença é purificação. Já não sofro quando esta surge e o medo constante de morrer passou. Para agradecer por todos estes milagres, pratico o donativo de gratidão.

Quando nos empenhamos na Obra Divina de salvação da humanidade, ganhamos a protecção de Deus e do Messias Meishu-Sama.

O meu compromisso é de participar na construção do Futuro Solo Sagrado de África e encaminhar o maior número de pessoas na fé.

Agradeço ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados e Antepassados dos meus pais, pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação.

A todos que partilharam deste relato de fé, a minha eterna gratidão.

85 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário