O Johrei é Tratamento Científico (I)

Há algum tempo, os membros vêm-me solicitando uma explicação simples e de fácil compreensão sobre o princípio do Johrei, pois toda vez que começam a cuidar de um enfermo, são questionados a respeito. Isso porque, doenças que não se curam pela medicina, apesar dos mais variados tratamentos, são solucionadas fácil e rapidamente com o recebimento do Johrei e, assim, as pessoas ficam surpresas e desejam saber o motivo, o que não é de se estranhar. As pessoas que ministram Johrei, também já devem ter passado por tais experiências. Até agora, contudo, devido à prematuridade do tempo, eu não o havia explicado em minúcias. Por essa razão, irei fazê-lo a seguir.

Desde os tempos antigos, é costume a doença ser curada pelos médicos e pelo uso de medicamentos. Em razão de o homem da actualidade confiar somente na ciência e defender a sua supremacia, ele tem dificuldade para entender o princípio do Johrei. Portanto, é natural querer questioná-lo. Antes de tudo, porém, é de suma importância conhecer a relação entre a medicina e a ciência.

Realmente, tudo pode ser solucionado através da ciência. Todavia, essa afirmação não se aplica à medicina, visto que o ser humano é fundamentalmente diferente dos demais seres. Vou escrever com mais detalhes.

Antes de mais nada, o ser humano é o mais elevado de todos os seres vivos, contendo em seu âmago um mistério incompreensível por meio da inteligência humana. Visto que a ciência desconhece totalmente a profundidade desse ponto, trata o ser humano como um simples animal. Ela veio focando apenas o corpo físico, que é matéria; portanto, enxerga a doença como uma “avaria” do corpo humano. A sua maneira de pensar é extremamente simplista, pois tenta “consertar” por meio da matéria, como medicamentos e equipamentos. Entretanto, a realidade não é tão simples assim. Além do corpo físico, existe no ser humano um componente espiritual muito mais importante, denominado força vital. Esta relaciona-se intrinsecamente com o corpo físico, por isso ele consegue viver e exercer suas funções. Como o espírito se assemelha ao Nada, a ciência materialista não conseguiu detectá-lo. Dessa forma, ao observar, por exemplo, a dissecação de cadáveres, podemos compreender muito bem que a ciência veio se dedicando somente à pesquisa do corpo físico. Embora se diga que ela progrediu, todos os esforços serão em vão, visto que se trata de avanços de apenas uma das duas partes.

Conforme eu disse, o ser humano é constituído de espírito e matéria. O espírito é primordial, e a matéria, secundária. Esta é a lei universal. Quanto à doença, as toxinas existentes no corpo físico refletem-se no espírito e transformam-se em nuvens espirituais. Surge, então, o processo de purificação natural, e as nuvens são eliminadas. Ao mesmo tempo, esse processo se reflete no corpo físico e, consequentemente, as toxinas são dissolvidas e eliminadas. A dor e o sofrimento decorrentes desse processo é o que conhecemos como doença. A primeira parte do processo é uma atuação de caráter horizontal, baseada na identidade espírito e matéria; já a segunda parte é uma atuação de caráter vertical, baseada na precedência do espírito sobre a matéria. É importante compreender bem esse princípio.

Qual é a verdadeira natureza das nuvens espirituais? Trata-se do surgimento de uma mancha no espírito, o qual é incolor e transparente. Essas nuvens são a verdadeira causa da doença; por isso, se forem dissipadas, evidentemente, a doença será curada. Um método para isso é o Johrei. Os ideogramas que compõem a palavra Johrei, significam “purificar as nuvens do espírito”. Portanto, todos devem saber que, fora o Johrei, não há nenhum outro tratamento terapêutico verdadeiro.

O que acabamos de expor é o fundamento da origem da doença e seu tratamento. Em suma, a doença é o sintoma manifestado na parte externa e perceptível, e sua causa reside nas nuvens espirituais localizadas na parte interna. Consequentemente, a eliminação das nuvens espirituais vem a ser o verdadeiro método de tratamento da doença. No entanto, por desconhecer esse princípio, a medicina acredita que basta eliminar os sintomas. Mesmo que se obtenha um resultado, este será temporário, ocorrendo, infalivelmente, uma recaída, e os médicos certamente têm tido experiências disso.

Aprofundando-me no assunto, vou explicar cientificamente o princípio fundamental do Johrei. Para tanto, para facilitar, vou adotar uma metodologia científica e analisar tal princípio em termos teóricos e experimentais, pois, no momento, este é o procedimento considerado mais adequado.

O que vêm a ser as nuvens espirituais? Sem dúvida, elas são componentes tóxicos formados a partir dos medicamentos, cuja verdadeira natureza é o elemento água impuro. O elemento água impuro é aquele que contém “partículas tóxicas”. Quando estas são desintegradas, o elemento água impuro se transforma em elemento água puro e a causa da doença desaparece. Tal processo requer uma alta temperatura para tornar viável a queima das “partículas

tóxicas”. Esta alta temperatura era algo inexistente no globo terrestre até então.
Felizmente, ocorreu uma descoberta que serve de ótimo exemplo para ilustrar minha afirmação: trata-se da bomba

atómica. Como todos sabem, a alta temperatura liberada por ela não existia até o momento, vindo a ser descoberta somente no atual século XX. Nesse ponto, há algo em comum que não é mera coincidência, mas sim, manifestação da Vontade Divina. A diferença é que a energia da bomba atómica é material, enquanto que a do Johrei é espiritual e, dessa maneira, sua força não tem comparação. Ou seja, a energia material é limitada enquanto que a espiritual é de tão alto nível que é ilimitada e, evidentemente, não se conseguiu descobri-la através da ciência. Mesmo que tivesse conseguido, não seria possível produzi-la artificialmente. Pelo mesmo motivo, não dá para comparar suas propriedades com as da bomba atómica. Quando a ciência atingir um progresso ainda maior, talvez descobrirá tal energia; mas ela ainda é uma incógnita. Então, qual é a natureza dessa energia espiritual? Trata-se da essência do Sol, que é o espírito da luz e do calor. Denominei-a “elemento fogo”, o qual, ao ser irradiado em direção ao elemento água impuro, instantaneamente queima apenas suas “partículas tóxicas”. Em outras palavras, queima a causa da doença. Diferentemente da impureza material, a espiritual só pode ser queimada com a energia espiritual. Para tanto, adotei um método: escrevo o ideograma hikari (luz) em uma folha de papel que concedo às pessoas interessadas. Ao colocá-la junto ao peito e usá-la como um objeto de proteção, o elemento fogo, irradiado incessantemente pelo Sol, transmite-se por meu intermédio a esse objeto e é irradiado pela palma da mão. É como se o Sol fosse uma emissora; eu, o re-transmissor, e os ministrantes, o próprio aparelho receptor. Através desse processo, as partículas tóxicas são extintas completamente, e o elemento água torna-se puro. Este é absorvido pelos fluidos corporais, e a cura completa das doenças se processa.

Falando de uma forma mais compreensível, se estendemos a palma da mão em direção ao local da dor, esta cessa imediatamente. Isto se dá porque as nuvens espirituais do local afetado são eliminadas instantaneamente, refletindo- se no corpo físico. Além do mais, as “partículas tóxicas” são a origem de todos os germes, tais como: bactérias da tuberculose e de outras doenças contagiosas. A medicina que for capaz de destruir por completo essas partículas é, pois, a medicina ideal que cura todas as doenças. Com essa explicação, acredito que é possível ter uma noção geral sobre o assunto. Em linhas gerais, o tratamento médico é um método de solidificar as toxinas em processo inicial de dissolução, enquanto o Johrei é o método de acelerar a dissolução das toxinas e a eliminação das mesmas. Portanto, enquanto aquele é um método que faz as doenças perdurar, o Johrei é um método que as erradica. Observando de forma imparcial, o método que cura é ciência, e o que não cura, é pseudo-ciência. Basta observar as explicações médicas para compreender o que estou dizendo. Apesar de serem minuciosas, acabam não condizendo com a realidade por não atingirem o âmago da questão e se basearem em pontos secundários. Isso é algo que os próprios médicos reconhecem. É tal qual examinar galhos e folhas de uma árvore que está secando, desconhecendo que a causa está nas raízes.

Acredito que puderam entender, em linhas gerais, o que falei sobre doença e medicina. Em suma, uma vez que a medicina atual desconhece o princípio que expus, ela é desprovida de lógica. Em contrapartida, o Johrei é uma ciência lógica de alto nível, é uma ciência do futuro. A prova disso é que as pessoas com mentalidade formada pela ciência atual, quando veem os resultados maravilhosos do Johrei ficam espantadas e os chamam de milagres. Na verdade, não se trata de milagre. A cura ocorre porque há uma razão para tal, e isto é muito natural. Imagino que todos queiram saber por que a maravilhosa força da essência do Sol cura a doença das pessoas por intermédio de minha pessoa, um ser humano. É, realmente, o enigma do século, mas para explicar a razão disso, eu precisaria revelar um mistério muito profundo e, por esse motivo, deixarei o assunto para outra ocasião.

13 de janeiro de 1954
Alicerce do Paraíso vol. 1

216 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário