Eugénio Bunga – NJ Uíge – Angola

Chamo-me Eugénio Vita Bunga, sou membro e dedico como encarregado da rede de salvação no Município do Púri.

A experiência de fé que partilho com os senhores está relacionada com a prática diária da ministração de Johrei.

Em março do corrente ano, tive a permissão de me deslocar da cidade do Uíge, o município do Purí, com a missão de visitar os fiéis que acompanho. Decidi visitar a casa de um frequentador que tenho cuidado. Durante a minha caminhada, deparei-me com alguns vizinhos do frequentador em causa e, disseram-me que ele não estava em casa, mas, mesmo assim continuei com a marcha.

Assim, que cheguei em sua casa, bati a porta por várias vezes, mas ninguém respondia. Como a porta estava encostada, empurrei e esta abriu. Como achei estranho, comecei a chamar por ele, mas este não respondia e quando decidi sair constatei que ele estava na cama. Fui ao seu encontro e observei que o mesmo não estava a respirar. Assustado, pensei em fugir, fechei a porta do quarto e corri em direcção à saída.

Ainda muito assustado, parei e pensei: “Se ficar aqui serei o culpado da situação! Se fugir, as pessoas vão pensar que matei o senhor. O que fazer?”.

Como sou membro outorgado recentemente orei ao Messias Meishu-Sama: “Meishu-Sama, foi o senhor quem me enviou para este lugar para cumprir a sua missão, por isso, entrego esta situação nas tuas mãos!”. Assim ganhei forças e voltei ao quarto do frequentador que estava sozinho. Comecei a ministrar-lhe Johrei durante uma hora e notei um movimento nos seus olhos, motivo pelo qual tomou conta de mim uma certa alegria e ganhei mais convicção.

Continuei com a ministração do Johrei e 30 minutos depois, ele despertou e começou a olhar-me fixamente. Movimentou os membros superiores e inferiores sem dizer nada. Não parei e continuei com a ministração do Johrei. Depois de alguns minutos, levantou a cabeça e movimentou o corpo todo.

Ajudei-o a sentar, e continuei a ministrar Johrei nas costas, até que o observei a levantar sozinho e colocou-se em pé, facto que surpreendeu-me consideravelmente. Ve-se que ele já purificava há alguns dias e naquele dia estava muito mal até a minha chegada, tendo perdido os sentidos por muito tempo.

Perguntei-lhe como estava a sentir e ele respondeu-me que estava a sentir bem. A gradeci no fundo do coração e senti bastante alegria.

Para agradecer por este milagre, ele fez um donativo especial pela vida salva.

Há um trecho de um ensinamento do Messias Meishu-Sama que diz o seguinte: “Iluminado pela luz de Deus o homem pode viver sem dificuldades mesmo num mundo de eternas trevas”. Isso tem acontecido comigo! 

O meu compromisso é de continuar servindo na obra divina como instrumento do Messias Meishu-Sama, participar na construção do primeiro Protótipo do Paraíso Terrestre na Africa. O Solo Sagrado de África e ser o número um na vida das outras pessoas.

Agradeço a Deus e ao Messias Meishu-Sama, aos meus antepassados por despertarem a minha missão.

Muito obrigado!

161 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário