Domingos Chimbundo – CA Sumbe – Angola

Chamo-me Domingos Dumbo Chimbundo, sou membro e dedico como encarregado da liturgia do Johrei Center do Sumbe.

A experiência de fé que passo a relatar para os irmãos, está relacionada com a prática do donativo de gratidão especial.

No mês de maio de 2019, o ministro da região, convidou os fiéis que estivessem a passar por problemas difíceis a fim de serem entrevistados por ele. Graças a Deus, tive a permissão de ser ouvido, e então aproveitei para explicar todos os meus problemas. Falei inclusive sobre as dificuldades que eu tinha de manter um relacionamento amoroso com alguém por muito tempo. As relações que tivesse, não duravam. Ficávamos no máximo de 2 a 3 meses e terminávamos sem motivo aparente.

Depois do ministro ter me escutado, orientou-me a praticar um donativo de gratidão especial. Devo contar que no decorrer da minha juventude, o meu Pai já havia conversado com uma família, a fim de fazermos o pedido para a filha deles. Ficou tudo concordado, mas, na hora de realizar o acto, simplesmente não aconteceu, e foi assim em todas as vezes, surgia sempre algum impedimento.

 

Assim, cumpri com a orientação sem hesitar, e passado algum tempo, uma senhora com quem já tive um relacionamento, voltou a aparecer e nos reconciliamos. Passados quase dois meses juntos, certa vez, recebi o telefonema da irmã com quem ela vivia dizendo: “Estas de parabéns!”. Não entendi e perguntei o que se passava. Foi quando ela me disse que a minha parceira fez o teste de gravidez e o resultado foi positivo.

Não podia conter a minha alegria e ao mesmo tempo estava surpreso, pois pela primeira eu me tornaria “pai”.

9 meses depois  isto no dia 7 de Abril de 2020, a minha esposa deu à luz a um bebé saudável, e o parto correu muito bem.

Com esta graça, nasceu em mim o sentimento de praticar um donativo especial, e assim o fiz.

Depois de ter feito o donativo, foram surgindo outras graças:

  • A sociedade das senhoras depois de tomar conhecimento do ocorrido, comprometeram-se em participar com contribuições, a partir do momento em que eu cumprir os deveres com minha parceira.

 

  • O líder jovem, comprometeu-se em apadrinhar o bebé, e hoje ele já tem o registo feito.

 

  • A minha família, que já não me queria no seu seio devido aos meus problemas, apercebendo-se da situação, convidaram-me para um almoço familiar e pediram que voltasse a viver com eles, junto com minha esposa. Ganhei o respeito e a admiração de todos.

É de realçar que, devido à situação que vivi durante a minha vida toda, sempre me sentia sufocado entre os colegas, pois sempre que chegasse o final do ano e o sector de recursos humanos pedisse documentos para actualizar os dados, falava-se sempre de agregado familiar e eu não tinha nada para dar. Essa situação incomodava-me bastante.

Assim, decidi passar a dedicar na higienização da minha sala, a fim de clarear o ambiente espiritual daquele local. Depois que o chefe de departamento tomou conhecimento do que eu fazia, gostou da minha atitude e convidou todos a fazerem o mesmo em suas salas sem esperar que as senhoras da limpeza o fizessem. Graças a Deus, hoje já não me sinto excluído no ambiente de trabalho e sempre que falam sobre família, já consigo reagir com alegria.

Aprendi que Meishu-Sama é realmente o Messias esperado pela humanidade. Aprendi também que devemos esperar o tempo certo de Deus, que no momento ideal ele nos concede a graça!

O meu compromisso é de aprofundar na salvação do próximo, a fim de despertá-las para o cumprimento de suas missões, e me empenhar no encaminhamento de outras pessoas a fé!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados, por me terem mostrado este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigado!

102 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário