Augusto Cabeia – JC Nzage – Angola

Chamo-me Augusto Kungo Cabeia, sou membro e dedico como auxiliar do grupo lua.

Conheci a Igreja Messiânica no dia 12 de Agosto de 2006, por intermédio de uma irmã membro da Igreja.

Os motivos que estiveram na base do meu encaminhamento na fé messiânica foram: Doenças, conflitos familiares e pobreza.

Em relação à doença, eu padecia de dores de cabeça, dores na veia arterial, nos ombros e na coluna durante cinco anos.

Para solucionar os problemas, percorri por hospitais e casas de tratamento tradicional, gastando incalculáveis somas em dinheiro, porém, sem solução. Mesmo sendo dedicante na altura de outra religião, não conseguia me desfazer da doença e da pobreza.

Depois de conhecer a Igreja Messiânica, consegui mudar esse quadro de sofrimento através da prática da orientação sobre aprofundar na prática do dízimo de forma correta! Após cumprir obedientemente com a orientação, no mês de Novembro de 2008 tive um sonho com a minha falecida tia, que ofertou-me alguns valores monetários. Quando despertei, fiz a oração e materializei um donativo de gratidão.

Ao amanhecer, fui ao banco consultar o meu salário e o saldo era negativo. Ao voltar no dia seguinte, o resultado era o mesmo. Neste dia, como não havia nada para alimentar a minha família, fui obrigado a consultar outra conta. Para o meu espanto, encontrei nesta conta encontrei exatamente o mesmo valor que a minha deu-me no sonho. Fiz oração e agradeci.

A experiência de fé que vou partilhar com os senhores, está relacionada à oração, limpeza e vivência da flor.

Tenho distribuído flores de luz no local de serviço, faço vivências e coloco Ikebana em todos os gabinetes. Sempre que chego ao local, começo com a limpeza. Montei uma horta no quintal da administração e com estas práticas, o ambiente começou a melhorar.

No dia 14 de março de 2016, fui indicado numa reunião da comissão executiva do partido, orientada por sua Excelência, o Sr. governador provincial, que se baseava na candidatura ao cargo do administrador comunal do cachimo.

Dois anos depois, fui empossado como Administrador comunal Adjunto do Luia.

Passada uma semana do ocorrido, tive mais uma graça! Fui chamado para receber as chaves de um apartamento na centralidade de Musungue-Dundo, algo que não esperava!

Aprendi que seguindo obedientemente as orientações nós progredimos! Confirmei com a minha própria experiência que Meishu-Sama é o Messias esperado pela humanidade!

O meu compromisso é de participar na formação dos 100 mil membros convictos até a conclusão do Solo Sagrado de África.

Desejo participar da construção do Santuário dos nossos antepassados e me empenhar na eliminação da dor e do sofrimento do próximo!

Agradeço ao Supremo Deus, Messias Meishu-Sama e meus Antepassados, pela vida e pela pessoa que sou hoje!

Muito obrigado!

96 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário