Justina Segunda – JC Futungo – Luanda

Chamo-me Justina Miguel Segunda, sou membro e dedico como assistente do grupo lua da rede de salvação do Mundo Verde.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola em 2012, por intermédio do meu cunhado, membro da nossa Igreja.

Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram: doenças, conflitos e pobreza.

Quanto à doença, tudo iniciou quando meu segundo filho começou a chorar das 20 horas até às 5 da manhã. Este menino nasceu bem, mas, catorze dias depois, passou para o mundo espiritual com esta purificação.

Devido ao apego pelo bebé que partiu, eu chorava dia e noite. Pouco tempo depois, voltei a engravidar e, infelizmente, este novo bebé veio com os mesmos problemas, pois também chorava muito. Então, fomos aconselhados a procurar quimbandas em busca de solução, que resultou em ainda mais sofrimentos.

Em relação aos conflitos, a minha sogra dizia ao meu marido para que não me tratasse bem porque eu já os encontrei e que se o mesmo continuasse a tratar-me bem, deveria esquecer que ela era minha sogra.

Relativamente à pobreza, como eu e o meu marido não trabalhávamos, dependíamos unicamente da minha sogra, por isso ela ditava as regras do jogo. Por esse e outros motivos, tivemos que abandonar a cidade de Benguela e vir para Luanda. Foi neste quadro de sofrimento, que ao chegar em Luanda, fui encaminhada ao Johrei Center do Tchinguari. Nesta unidade fomos recebidos pelo plantonista que me ouviu atentamente e orientou as práticas básicas da fé messiânica que cumpri obedientemente.

Com uma semana de recebimento de Johrei, o menino parou de chorar e recuperou consideravelmente.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com o Johrei e o donativo especial.

No final do mês de Agosto, o meu terceiro filho já purificava há 4 dias com febres e diarreia. No dia 20 de Agosto de 2021, fui com ele até à Rede da Salvação, sendo que, ao chegarmos, a purificação do menino acelerou a ponto de ele convulsionar e ficar com a boca torta. Fui orientada a mexer com a terra da horta da unidade e a dedicar na limpeza do banheiro. Na altura, o responsável foi chamado com urgência para acompanhar o evoluir da situação, tendo orientado todos os membros presentes, incluindo ele, a fazerem um donativo especial.

Depois de uma hora e meia de Johrei, a fisionomia do menino voltou ao normal, onde acabou por dormir e quando acordou, pediu água, ficou recuperado e encontra-se bem de saúde!

Aprendi que, Meishu-Sama é o Messias há tanto esperado pela humanidade e o Johrei é a medicina do século 21!

O meu compromisso é de salvar o maior número possível de pessoas e contribuir na Construção do Solo Sagrado de África!

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela oportunidade de conhecer este caminho da salvação!

Muito obrigada!

90 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário