Quintas Dias – JC Luena – Moxico

Chamo-me Quintas Helena Dias, sou membro e dedico no Grupo Lua.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola em 2017, por intermédio de um missionário.

Os motivos que estiveram na base do meu encaminhamento foram: Doenças e conflitos conjugais.

Durante 14 anos, sofri com problemas de tensão arterial e nos membros inferiores. Para solucionar estes problemas, recorri a Hospitais, Igrejas e Kimbandas.

Por causa das dores, não conseguia cumprir devidamente com as minhas tarefas como professora. Neste estado de sofrimento, o hospital era a minha segunda casa. No serviço, comecei a ter problemas, pois o meu chefe e colegas não se convenciam do meu estado grave de saúde, pois segundo eles, eu não gostava de trabalhar, me fingia de doente.

Achei melhor me ingressar numa igreja espírita, onde fui submetida a vários tratamentos: passei a usar perfumes, velas, água e jejuava bastante, mas, nada mudava.

A pastora, vendo a gravidade da minha situação, dizia-me que eu tinha que ser adjunta dela, para me conseguir livrar daquele sofrimento. Sendo assim, começamos a trabalhar juntas no que, um ano depois a pastora casou-se com o meu marido. Aí entrei em atritos com o meu esposo e com a pastora, abandonando assim a Igreja.

Vendo a minha vida comprometida com a doença, sem outra escolha, resolvi consultar um Kimbanda, de onde, das adivinhas feitas, acusavam o meu tio como sendo o causador do meu sofrimento. Dessa forma, os conflitos familiares agudizaram-se. Nessa altura me sentia muito abatida, com mágoa, ódio e rancor, sem sabor de viver.

Certa vez, o irmão acima indicado, convidou-me para participar do culto dominical. Assisti, mas não me convenci, pois tinha muitas dúvidas em relação às Imagens e a oração Amatsu-Norito.

Passados alguns anos, certo dia, ao acordar, comecei a sentir uma picada nos membros inferiores, que não me permitia andar em condições. Foi quando certo dia, ia a passar um irmão com flores de luz e lhe pedi que me ministrasse Johrei, no que se prontificou e colocou algumas na minha casa e me convidou para participar do culto vesperal na rede de salvação.

Na Igreja, fui recebida pelo plantonista que depois de me ouvir orientou-me as práticas básicas da Fé Messiânica que cumpri e em menos de dois dias a dor que tinha nos membros inferiores, sumiram. Aí nasceu em mim o desejo de pesquisar a Igreja, onde passei a receber muito Johrei, encaminhar outras pessoas, participar dos cultos e distribuir flores de luz.

Com essas práticas, em menos de 02 meses o meu estado de saúde se restabeleceu. Já conseguia concluir um mês de trabalho, deixei de ser dependente dos medicamentos, algo que não acontecia antes de conhecer a Igreja.

A Experiência de fé que passo a relatar, está relacionada ao Johrei, ao dízimo, encaminhamento e distribuição de flores de luz.

Continuei a dedicar com afinco, mas, havia vezes em que me sentia triste, magoada e distante. O responsável da rede apercebendo-se da situação, conversou comigo e expliquei sobre o apego que ainda tinha do meu ex-marido, não conseguindo esquecê-lo. Além disso, praticamente também abandonou os filhos, deixando de dar assistência tanto na alimentação como no estudo deles.

Dessa forma, o responsável fez-me entender que devia desapegar-me, entregar tudo nas mãos de Deus e do Messias Meishu Sama. Acrescentou ainda que, o apego forma espiritualmente um obstáculo, que quanto mais forte for, mais fraca é a proteção Divina, daí nem sempre as coisas correrem como gostaríamos. Orientou-me também para passar a materializar o donativo mensal, cuidar dos frequentadores, abrir hortas caseiras, distribuir flores de luz e materializar o donativo de gratidão diário. Assim, consegui encaminhar três pessoas à Igreja, que passei a acompanhar, abrimos as hortas caseiras, passei a participar das marchas com o grupo lua no Johrei Center e a participar da campanha de limpeza no foco de lixo e nos lares. Nos momentos de férias, acelerava ainda mais as minhas dedicações. Assim, obtive muitos resultados que passo a narrar alguns:

  • Um dos meus irmãos, ouvindo que estava com dificuldades, ofereceu-me duas casas de construção definitiva, uma no Município do Leua onde resido e a outra na cidade do Luena;
  • No ano passado, apareceu um homem que me fez o pedido e hoje vivemos juntos.
  • O pai dos meus filhos que antigamente não apoiava as crianças hoje tem apoiado e preocupa-se com o estado de saúde deles, algo que antes não acontecia.

Com esta experiência aprendi que, o Johrei é a medicina do século 21 e que Meishu-Sama é realmente o Messias esperado pela humanidade!

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigada!

51 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário