A Minha Natureza – 2ª Parte

Desde jovem gosto de dar alegria ao próximo, a ponto de isso se tornar quase um hobby para mim. Sempre estou a pensar no que devo fazer para tornar as pessoas felizes. Por exemplo, quando acordo pela manhã, a minha primeira preocupação é saber o estado de ânimo dos meus familiares. Se houver uma só pessoa mal-humorada, já não me sinto bem. Na sociedade, ocorre justamente o contrário: os familiares é que se preocupam com o estado de ânimo do chefe da casa. Como procedo de forma  oposta, acho isso estranho e até fico um pouco triste. Portanto, para mim, é muito penoso escutar insultos, gritos de raiva, reclamações e lamentações. Também me é difícil ouvir repetidas vezes um mesmo assunto. Sou sempre pacífico, feliz e abomino o apego. Esta é a minha natureza.

30 de janeiro de 1950

Alicerce do Paraíso vol. 1

60 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário