Meu Deus, cada vez que me curvo diante de…

Meu Deus, cada vez que me curvo diante de

Vós, lágrimas escorrem de meus olhos por ter sido salvo

 

Interlocutor: Já sabemos que a cura é independente de se acreditar ou não…

Meishu-Sama: Exactamente. Da parte de Deus, mesmo não acreditando, a pessoa pode restabelecer-se. Quando ela ainda não ingressou na fé, a cura ocorre, embora não acredite. Contudo, se duvidar mesmo após ter alcançado certo entendi mento, é porque algo está errado.

Interlocutor: Eu diria que, no recebimento do Johrei, há certa diferença para a obtenção de graças: quando a pessoa sente real gratidão e quando faz pouco caso.

Meishu-Sama: Não se pode generalizar. Quem não conhece o Johrei, no início, acha que é um absurdo melhorar com “uma coisa dessas”. Essa compreensão está de acordo com a lógica. Se, depois de presenciar o milagre, o ser humano continuar duvidando, o erro está nele. Por essa razão, há diferença no resultado. A re-purificação ocorre por esse motivo. Uma vez tendo sido curada, a pessoa deveria pensar: “O Johrei é infalível, é fabuloso!” No entanto, como ela continua vacilando, seu espírito protector guardião se irrita e a faz sofrer novamente.

Interlocutor: A pessoa recebe o Ohikari e se restabelece da doença. Mesmo assim, quando não há sentimento de gratidão, aumenta a possibilidade de uma re-purificação. Seria isso?

Meishu-Sama: Sim. Em Deus, não há o mínimo de erro. Tudo está de acordo com a lógica.

Registro de orientações, vol. 23, 1º de agosto de 1953

O Pão Nosso de Cada Dia Pág. 262

76 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário