Eu e a Igreja Messiânica Mundial – 4ª Parte

Utilização do espírito

O que eu acho mais misterioso é que, utilizando o espírito, estou fazendo com que os fiéis curem as doenças. Os resultados são realmente excelentes. Uma doença que a medicina demora um mês para curar, muitas vezes, é debelada em um ou dois dias. E não é só isso. Cada fiel pode curar a própria doença. Os ideogramas que eu escrevo, passam a atuar de acordo com o significado que os mesmos possuem. Também consigo compreender inteiramente as causas das doenças. A partir desse ponto de vista, considero a interpretação da medicina atual sobre o princípio das doenças tão superficial, que é digna de pena. Não consigo considerá-la como medicina de fato, pois ela não passa de um simples método de aliviar as dores e os sofrimentos. Se continuar da forma como se encontra hoje, jamais se tornará uma medicina que cura doenças.

Jesus Cristo e inúmeros homens virtuosos, considerados santos, produziram igualmente milagres em relação às enfermidades. Entretanto, na maioria das vezes, eram curas realizadas apenas por eles, de uma pessoa para outra. Ora, dessa forma, não seria possível salvar milhões. Portanto, para atingir a humanidade é preciso que seja concedida ilimitadamente a cada indivíduo a força de curar doenças. É o que estou fazendo atualmente, com resultados admiráveis. O desenvolvimento da nossa religião é a melhor prova do que estou dizendo. De acordo com o que já afirmei, é uma Obra Divina que nem Jesus Cristo nem Buda Sakyamuni puderam realizar.

Não pretendo dizer que minha força seja superior à dos grandes santos, mas apenas expresso a realidade tal como ela se apresenta. Com a chegada do tempo, Deus faz isso ocorrer. Quando procurarem pensar no porquê de uma força tão grandiosa ter-me sido concedida por Deus, começarão a compreender a importância da minha missão. Naturalmente, Deus não cria nada além do que é preciso. Tudo é criado e eliminado de acordo com a necessidade. Sendo essa a Verdade, fica bem clara a missão que recebi dos Céus. A mim são revelados todos os mistérios, sendo- me atribuídos os profundos poderes da Inteligência Superior ilimitadamente. Sob a orientação Divina, estou trabalhando para levar isso ao conhecimento da humanidade e edificar uma nova cultura ideal. Em conformidade com a Vontade Divina, atualmente a inteligência humana está muito desenvolvida e, por isso, as pessoas não se convencem através de explicações simplistas, como ocorria no passado. Por conseguinte, é necessário mostrar-lhes milagres comprobatórios e, ao mesmo tempo, transmitir-lhes as teorias de uma forma que elas possam ser aceitas. É por essa razão que Deus faz ocorrer inúmeros milagres. Nesse sentido, por um lado, apontam-se os erros; por outro, dão-se provas através de milagres. Sinto-me, portanto, extremamente grato e sensibilizado pela grandiosidade da Vontade de Deus.

Observando-se a Obra Divina que no momento estou desenvolvendo, creio que não haverá qualquer margem para dúvidas sobre a veracidade de minhas palavras. Provavelmente, a humanidade jamais sonhou com uma obra de salvação absoluta de tão grande porte. Logo, se uma pessoa não conseguir despertar, mesmo tomando conhecimento dela, certamente, não poderá ser salva por toda a eternidade. Além disso, no futuro próximo, quando chegar o grande momento crítico do Fim do Mundo, aqueles que não estiverem preparados, ficarão desnorteados. Por mais que se arrependam, já será tarde demais.

25 de novembro de 1950

Alicerce do Paraíso vol. 1

(80) Estilos de poesia japonesa.

208 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário