Poema IV

“Ainda que sejamos inábeis ao falar, se nossas

palavras forem ditas com sinceridade (Makoto),

terão a força de mover as pessoas.”

Frequentemente, ouço ministros dizer que não conseguem formar novos membros por não saberem expressar-se. Se quem sabe falar bem consegue [bons resultados], é melhor contratar contadores de histórias profissionais (risos). Não são as nossas palavras, mas a nossa sinceridade, o nosso makoto, que se transmite às pessoas com quem falamos. Por causa disso, mesmo que a pessoa não seja hábil com as palavras, consegue encaminhar bastante. Creio, inclusive, que essa é a maioria dos casos. Fico sempre admirado com aqueles que praticam a extorsão, os quais são bons falantes. Como sua lábia é realmente eficaz, eles continuam nesse caminho. Ao contrário, as pessoas que não sabem falar bem, procuram demonstrar seu sentimento por meio da ação ou do resultado. Ninguém deve mostrar ser além do que é. O ser humano deve livrar-se de traços negativos. É como se afirma comumente: “Mestre que é mestre não ostenta”.

Registro das Palavras de Luz, vol. 12, 13 de junho de 1949

O Pão Nosso de Cada Dia pág. 199

Nota: O número do poema corresponde à ordem do site e não do livro original.

53 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário