A Respeito do Paraíso Terrestre – 1ª Parte

Por meio do rádio e dos jornais, tomamos conhecimento de que actualmente a sociedade está por demais repleta de absurdos.

Excluindo a guerra, numa rápida visão, podemos igualmente enumerar a corrupção dos funcionários públicos; homicídios; roubos; fraudes e golpes; assaltos; suicídios individuais e de toda a família; tuberculose; problemas de doenças contagiosas; escassez de alimento; crise habitacional; dificuldades financeiras; sofrimento decorrente dos pesados impostos. As coisas boas são tão poucas quanto as estrelas ao amanhecer. Então, surge a dúvida: por que a sociedade chegou a esse ponto?

Realmente, pode ser que existam muitas causas. Em suma, diríamos que essa situação é decorrente do declínio do nível do ser humano e de sua decadência moral. Assim, ultimamente, os intelectuais e os educadores começaram a interessar-se por essa questão. Outra causa que pode ser apontada é que, após a Segunda Guerra Mundial, o pensamento liberal passou dos limites. Os intelectuais e educadores estão considerando que, de imediato, não há alternativas a não ser a retomada da educação, da moral e da ética. O que é interessante observar é que, no Japão, nunca se recorre à religião para corrigir tais situações. Também não seria para menos, pois as religiões antigas são fracas demais, e as novas, em sua maioria, são supersticiosas e impostoras. É por isso que ainda não se conseguiu encontrar um caminho que levasse à solução fundamental do problema.

Objectivando contribuir de forma diferente para a solução desta situação difícil, estou colocando em acção um plano detalhado.

Trata-se, primeiramente, das diversões em geral. Naturalmente, em qualquer época, o povo necessita de entretenimento. Na sociedade atual, entretanto, a maioria delas é por demais vulgar. De fato, teatro, cinema, esporte, jogo de tabuleiro chinês [go], xadrez japonês, mah-jong[1], pachinko[2] são diversões aceitáveis, mas acho que se fazem necessárias recreações de nível ainda mais elevado. É com esse objetivo que nossa Igreja está construindo os protótipos do Paraíso Terrestre, nas cidades de Hakone e Atami. Conforme já escrevi várias vezes, nesses locais será construído o paraíso ideal, onde se acham perfeitamente harmonizadas a beleza natural e a beleza criada pelo ser humano. É um grandioso projeto que não creio que já tenha sido feito por alguém no mundo todo. Não é um auto-elogio, mas as pessoas, ao visitá-los, ficam encantadas com a atmosfera tão diferente do mundo trivial e infernal ao qual estão acostumadas e, evidentemente, esquecendo-se de tudo, até sentem estar sobre as nuvens. Prova disso são os elogios feitos em geral, até mesmo antes de termos chegado à metade da obra.

O protótipo do Paraíso Terrestre de Hakone já está próximo de sua conclusão, mas como é uma obra de pequena escala, falarei a respeito do protótipo de Atami, que actualmente se encontra em plena construção. (…)

Jornal Eiko no 137, 1 de Janeiro de 1952

Alicerce do Paraíso vol. 5

 

[1] Mah-jong: jogo de origem chinesa, composto de 144 “pedras”, parecidas com as peças do dominó.

[2] Pachinko: jogo praticado em máquinas semelhantes a uma mistura entre o iperama e o caça- níqueis.

79 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário