Fé é Justiça e Retidão

O que é religião?
Ela, evidentemente, não tem como finalidade ensinar teorias e filosofias da religião de forma complicada. Em última análise, seu único objetivo é formar pessoas corretas. Isso, expresso em palavras, parece algo extremamente fácil, embora seja muito difícil alcançá-lo na prática. É exatamente como diz o provérbio: “Falar é fácil; fazer é difícil.” Vou explicar o porquê da dificuldade.

A realidade é que as pessoas estão convencidas de que nin- guém alcança o poder, acumula riqueza ou progride na vida apenas agindo corretamente. Elas acreditam que, para isso, certa dose de mal é inevitável. Até mesmo em relação ao lazer, consideram os maus divertimentos mais interessantes que as diversões sadias. Essa visão prevaleceu durante milhares de anos e acabou se transformando em senso comum. Embora houvesse esforço para reverter a situação por meio da lei e da educação moral, os resultados foram inexpressivos.

Assim sendo, nem é preciso dizer que o último recurso seriam as religiões. Entretanto, devemos analisar a força de atuação de cada uma, pois isso faz toda a diferença. Não se consegue derrotar o mal por meio de religiões de pouca força. Esta é a razão pela qual os fiéis de algumas delas falham em vencer o próprio mal. Em qualquer religião, são poucos aqueles que realmente agem com justiça e retidão.

Conclui-se, pois, que se torna necessário o aparecimento de uma religião capaz de vencer o mal. Somente assim surgirá uma sociedade permeada pelo bem e um mundo de paz e felicidade. Este é o significado da expressão “Fé é retidão e justiça”, que proclamamos.

Jornal Kyusei no 65, 3 de junho de 1950

Alicerce do Paraíso vol.4 pág 15

 

88 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário