Maximina Luísa Rosa Zola – CA Maculusso – Angola

Chamo-me Maximina Luísa Rosa Zola, tenho 44 anos de idade, sou missionária e encarregada da rede da Salvação do Centro de Aprimoramento do Maculusso.

Conflitos familiares, conjugais, doenças e desemprego foram os motivos do meu encaminhamento á Fé Messiânica.

Fui orientada pelo plantonista a cumprir com as práticas básicas da fé messiânica:

  • Receber 10 Johrei por dia
  • Manter a flor de luz em casa
  • Assistir aos cultos
  • Participar nas aulas para frequentadores e Sanguetsu.

Cumpri com as orientações com alguma dificuldade, mas fui obediente. Passados alguns meses, os problemas de desemprego e conflitos foram ultrapassados.

No dia 29 de setembro de 2003, fui outorgada para melhor servir à Obra Divina.

A experiência de fé que passo a relatar está relacionada com a diretriz e obediência no cumprimento das orientações.

Desde janeiro de 2019, tenho feito vivência da flor e limpeza no meu local de serviço todas as semanas.

Quando lá cheguei, há 1 ano, o clima era muito pesado. Ouvindo as experiências de fé relacionadas com o acompanhamento no local de serviço, também tomei a decisão de colocar em prática.

No mês de maio a purificação intensificou, fui agradecendo e entregando toda a purificação nas mãos de Deus e Meishu Sama. Esta situação deu-me forças para continuar a colocar as flores.

Todos os dias ministro de 4 a 5 Johrei aos meus colegas, independentemente do fluxo de trabalho.

Tive autorização da Administração para implementar a horta institucional, na qual participaram alguns membros do Maculusso e um estudante.

A minha rede da salvação no local do serviço é composta por 10 colegas, dos quais 4 foram encaminhados. Fruto das dedicações com as flores, uma das minhas colegas participou na dedicação no hospital militar que é realizada todas as quintas feiras e os meus colegas materializaram um donativo para 100 flores que foram distribuídas na referida dedicação.

Hoje, graças a Deus o ambiente está mais leve. Muitos já despertaram para a importância da flor e do Johrei e cobram quando não levo.

No mês de abril de 2019, tomei a decisão de anular o ano letivo porque estava com dificuldade de assimilar a matéria! Fui ao Johrei Center dedicar para depois deslocar-me até a faculdade para concretizar a minha ideia.

Quando cheguei, o responsável perguntou-me se estava tudo bem e respondi que não. Informei-o a respeito da minha decisão e o mesmo orientou-me a não anular a matrícula porque Deus e Meishu Sama precisam de mim.

Perante o altar, entregamos o problema nas mãos de Deus e Meishu Sama.

Decidi também levar arranjos de flores para a Universidade, colocando nos gabinetes dos professores.

Os meses foram passando e chegou a época dos exames. Fui a exames de 4 Disciplinas, 3 do terceiro ano e 1 do primeiro ano, de salientar que tenho a eliminar a cadeira de matemática do 1.º ano desde 2013.

Uma semana depois, saíram os resultados dos exames. Consegui eliminar duas e fui a recurso a 2 (uma do 1º e 3º). Comuniquei ao responsável sobre os resultados e ele orientou-me a fazer um donativo de gratidão antes de pagar os recursos e assim o fizemos. Além disso, aprofundar na leitura   dos ensinamentos.

Perante o altar, o responsável disse que Meishu Sama é quem vai realizar as provas.

Fiz um grande esforço para cumprir com a orientação da leitura dos ensinamentos.

As provas foram realizadas no dia 15 e 19 de Julho/2019, coincidentemente no dia que foi realizada a vigília da sociedade das senhoras.

A irmã Denise informou-me no mesmo dia que devíamos participar da vigília, respondi que iria realizar um exame e que estava muito cansada, tive a intuição que devia participar e assim fizemos.

No dia 22 de julho de 2019 por volta das 19h recebi um telefonema da minha colega a dar-me a notícia que tinha aprovado na disciplina de matemática. Não me contive e gritei de satisfação.

No dia 27 de julho do mesmo ano, desloquei até a Universidade para saber do resultado da outra disciplina, quando consultei a pauta de matemática verifiquei que tive a maior nota, de seguida desloquei-me à Sede Central para agradecer tamanha graça! Participei na dedicação de construção do pavimento.

Desde o mês de setembro que tenho colocado flores em todos os andares do edifício onde resido, passado um mês fui proposta para assumir a coordenação do edifício.

Até a data presente, continuo a realizar esta prática, coloco flores em todos os andares do edifício. O ambiente tem melhorado muito! Tenho vivido muitos aprimoramentos o que tem contribuído para o meu crescimento espiritual.

Ainda sobre o acompanhamento no local de serviço, um dos meus frequentadores no mês de março, dirigiu-se a minha sala para receber Johrei. Após o término, ele disse: “Dona Max, lhe agradeço bastante pelo Johrei que me tem ministrado. No dia que a Senhora me orientou para ir até ao Maculusso eu vim de casa decidido a apresentar a minha carta de demissão!”

Muito admirada perguntei: ‘Por que razão nunca me disseste nada?’ Ele respondeu que não queria incomodar. Agradeci bastante a Deus e a Meishu Sama pelo facto de ter sido utilizada como instrumento.

Quando entregamos os nossos problemas nas mãos de Deus e Meishu-Sama e somos obedientes as orientações de Meishu-Sama por intermédio dos nossos superiores, os resultados não podem ser outros.

  • Fruto das dedicações no local do trabalho o meu contrato foi renovado para mais um ano e ganhei a confiança dos meus superiores e colegas.
  • Tive a permissão de encaminhar 4 colegas.
  • O responsável da unidade e a Ministra representante da Africarte mantiveram um encontro com o administrador do meu local de serviço para apresentar o nosso projeto da agricultura natural.
  • A minha filha que é bolseira na República de Cuba desde 2015, ganhou a permissão de vir passar 3 semanas de férias e conseguiu re-consagrar o Ohikari
  • O meu irmão ganhou força para dedicar e hoje está enquadrado na estrutura no Johrei Center
  • Ganhei a permissão de peregrinar ao Solo Sagrado do Brasil
  • O meu filho terminou o ensino médio com êxito, ultrapassando todos os obstáculos.

Agradeço a Deus e a Meishu-Sama pela permissão de servir e ser utilizada como instrumento na obra.

A todos que direta ou indiretamente tem contribuído para o meu crescimento espiritual, o meu muito obrigada.

121 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário