Gizella da Silva Napita – CA Maputo – Moçambique

Chamo-me Gizella da Silva Napita, sou membro e dedico no Centro de Aprimoramento como auxiliar da encarregada da Rede Da Salvação, integrada no grupo Terra.

Conheci a Igreja Messiânica em Junho de 2015 e tornei-me membro em Agosto do mesmo ano encaminhada por uma membro da Igreja.

O motivo que me levou a conhecer a igreja, foi a incessante busca pela solução para os meus problemas financeiros. Tinha dividas altas as quais não conseguia pagar. Depois de me ouvir atentamente a irmã Elsa convidou-me a igreja e aceitei. Hoje, cumprindo com as orientações dadas, consegui pagar a divida que tinha com agiotas, familiares e amigos, sobrando apenas a divida com o banco.

A experiência de fé que passo a relatar está relacionada com o donativo especial.

Em Janeiro de 2019 entrei em profunda depressão que foi piorando gradativamente a medida que piorava o estado de saúde da minha mãe. Minha mãe vinha lutando contra o cancro do colo do útero desde 2014 e fez a passagem para o mundo espiritual em Abril de 2019. Após a sua partida meu estado depressivo piorou e desenvolvi síndrome de pânico acentuada. Não conseguia ficar em aglomerados, não queria ver gente e chorava sempre que me sentisse sufocada. Por conta disso diminui a frequência de dedicação na igreja, chegando a ficar chateada quando me perguntassem porquê não assistia os cultos, afinal me escondia atrás de desculpas como: trabalho a semana toda e também mereço descansar.

Por outro lado, este comportamento fez com que me afastasse das pessoas de quem eu gostava. Perdia paciência com filho e deixa ele sempre ao cuidado de outras pessoas pois me sentia incapaz e preferia não o ter por perto.

De longe o ministro observava o meu comportamento, e percebendo meu sofrimento, chamou para conversar e decidiu que cuidaria de mim e ajudaria a ultrapassar aquele momento.

Recebi Johrei, fiz o donativo diário com sentimento de gratidão pela purificação, e meu semblante melhorava um pouco a cada dia, e com o passar do tempo voltei a participar dos cultos. Em meados de Agosto o ministro orientou a fazer o donativo especial e receber uma imagem da Kannon para a minha mãe e outra para meu filho.

Cumpri com a orientação dada, e as graças não tardaram: rapidamente melhorei do pânico e da depressão. Hoje já consigo conviver e andar na rua sem que me sinta sufocada, passei a dar mais atenção ao meu filho, me sinto mais controlada e as crises de choro pararam. Quando me sinto triste, de imediato oro e agradeço pelo sentimento, encaminho ao Supremo Deus e ao Messias Meishu Sama, coisa que antes não conseguia fazer.

Outra graça que recebi, foi de ser convidada a concorrer a uma vaga de emprego em Março de 2020. Fui seleccionada para ocupar a posição, comecei a trabalhar em Abril, o meu salário teve uma subida de 42% e o meu filho passou a beneficiar do plano de saúde.

Quando submeti o pedido de demissão estava em curso, a nível global, a restruturação da empresa e com isto vários funcionários em diversos países foram demitidos. Em Moçambique as demissões foram feitas uma semana depois de eu ter saído.

Pelas graças recebidas, o ministro orientou a fazer o donativo especial, o qual estou a preparar-me para cumprir.

Aprendi ao quão é importante cumprir com as orientações, mesmo sem entender.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu Sama e meus antepassados por ter conhecido este caminho.

Aos ministros, missionários e féis em geral, o meu muito obrigada!

94 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário