Rosa da Conceição Luís Sita – JC Semindele – Cabinda – Angola

O meu nome é Rosa da Conceição Luís Sita, sou missionária e dedico no grupo Lua. Conheci a Igreja Messiânica Mundial em 2008, por intermédio de uma missionária da igreja, por motivo de doença e homem noturno. Durante dez anos tive problema de homem noturno, razão pela qual não conseguia ter um parceiro. Toda a relação fracassava, isto é, os homens fugiam-me sem causa aparente.

Sofri com dor de cabeça durante mais de um ano o que levou-me a procurar hospitais em Ponta Negra onde não encontrei médico neurologista. Desse modo procurei curandeiros e grupos de oração, tendo gasto incalculáveis somas em dinheiro, mas sem contato obter resultado satisfatório. Foi assim que conheci a Igreja Messiânica. Na unidade religiosa fui bem recebida e atendida pelo plantonista que depois de escutar-me atentamente, ministrou-me Johrei e orientou-me a:

Receber 10 Johrei por dia, manter a flor de luz em casa e oferecê-la às outras pessoas, ler os ensinamentos de Meishu-Sama pelo menos 30 minutos por dia e assistir aos cultos.

Não foi fácil cumprir com as orientações, por causa do tempo disponível. Porém me esforçava para dividir o tempo entre trabalho e a igreja, pois naquela altura haviam poucos membros. Graças à Deus, após quatro meses, os problemas foram ultrapassados. Assim materializei um donativo especial de gratidão e depois, senti um forte desejo de participar na Obra Divina e assim materializei o donativo de outorga. Hoje, pela permissão de Deus, Meishu-Sama e meus antepassados, tenho marido e sou mãe de 4 lindos filhos.

A seguir quero partilhar uma experiência de fé sobre a importância do donativo de gratidão e donativo de construção.

Em abril do corrente ano, o meu irmão de 38 anos de idade, após ter ajudado seu amigo a carregar botijas de gás de cozinha, no dia seguinte, começou a contorcer-se com dores de coluna. Começou a automedicar-se durante alguns dias. Como as dores não passavam, foi ao hospital e depois da consulta médica, comprou remédios que passou a tomar. Dois dias depois, a situação piorou e assim, recorremos a um fisioterapeuta que de imediato passou a fazer-lhe massagens, mas no terceiro dia, teve tonturas e inchaço nos pés. Preocupados, levamos novamente ao hospital onde foi submetido a transfusão de sangue e feitos novos exames. Foi-lhe diagnosticada “insuficiência renal”, mas como os hospitais locais não dispõem de serviços de hemodiálise, surgiu a necessidade de transferi-lo para Luanda o que devido a pandemia seria difícil.

Não sabendo o que fazer, busquei força no Johrei, limpeza, horta, acompanhamento de pessoas e donativo, conforme orientado. Por três dias, aprofundei na prática da directriz e sempre materializando um donativo para agradecer pela purificação que a família inteira estava a passar e um donativo especial para a construção do Johrei Center de Símindele. No terceiro dia, o governo local assumiu a evacuação do meu irmão para Luanda que se concretizou no dia 1 de maio de 2020, sem custos para a família. Agradeci profundamente com um donativo e reconfirmei o meu compromisso de servir na Obra Divina.

Já em Luanda, foram feitos novos exames numa clínica, onde foi internado, também sem custos para a família. Graças à Deus o resultado foi negativo e no dia 06 de maio de 2020, teve alta hospitalar e voltou ao convívio familiar, perfeitamente saudável.

Com esse milagre, materializei novamente um donativo para agradecer e outro para reassumir o meu compromisso de continuar a servir na Obra divina de Salvação. A família despertou e temos assistido juntos os cultos em sintonia com a Sede Central de África. Eles têm participado da marcha do Johrei com leitura dos ensinamentos de Meishu-Sama.

Reconfirmei assim a importância de praticar a directriz, como forma de melhorar o nosso servir. Aprendi que toda purificação é uma oportunidade que Deus concede para relembrar-nos do compromisso de salvar os nossos antepassados.

O meu compromisso é continuar a aprofundar no servir, acompanhar pessoas, melhorar o meu empenho no grupo Lua e na dedicação na área administrativa da Igreja.

Muito obrigada!

101 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário