Esmeralda Vilanculo – CA Maputo – Moçambique

Chamo-me Esmeralda Vilanculo e dedico na Africarte. No período compreendido entre 01 de junho a 30 de junho, devido a prorrogação do estado de emergência em todo o país, continuei com as mesmas dedicações.

No meu lar, ampliei a horta caseira, onde actualmente tenho feito colheita de alface, folha de abóbora, folha de batata doce, folha de alho, salsa, flores e ofereço também aos meus pais e aos vizinhos, incentivando-os a praticarem a Agricultura Natural. Faço as orações diariamente com o donativo diário, leio ensinamento e ministro Johrei na minha família.

Com estas práticas, nasceu harmonia entre eu e o meu esposo, pois antes do estado de emergência vivíamos em brigas constantes e eu me refugiava no trabalho. Quando entramos em estado de emergência fiquei desesperada, pois não queria ficar em casa. Mas, mesmo assim continuei a dedicar.

Quando recebi a orientação da ministra que tinha que ficar em casa devido ao estado de gestação e também que podia acompanhar o trabalho a partir de casa, agradeci e coloquei em prática. Passei a manter a flor de luz em casa colhida da horta, fazer oração com o donativo diário, cuidar da horta, ministrar Johrei e ler os ensinamentos. Graças a Deus, o meu lar se harmonizou.

Hoje, o meu esposo ajuda-me a cuidar da horta e a fazer os trabalhos de casa. Nós, que não ficávamos uma semana sem brigar, agora já estamos há 3 meses sem brigar, graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama.

Os meus vizinhos não aceitavam fazer hortas nos seus quintais alegando que o consumo de água seria maior e como consequência teriam de pagar o dobro mensalmente devido à rega da horta.

Por conseguinte, observando a forma como faço a incorporação de matéria orgânica e os resultados que tenho tido, também começaram a fazer o mesmo nas suas casas. Os meus pais, que alegavam falta de espaço, nesta época da pandemia tiveram a oportunidade de fazer a colheita na minha horta e com esta experiência, decidiram organizar um espaço no seu quintal e já fizeram a horta.

Na Sede Central fiz a elaboração das actividades diárias dos funcionários e no Polo Agrícola Agostinho Neto, fiz o acompanhamento das actividades do campo. Preparamos os viveiros de hortícolas e árvores , a preparação do solo, fiz o plantio e o transplante. Procedemos também a colheita, o processamento e realizamos feiras.

Muito obrigada!

108 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário