Rosa Caxita – JC Cafunfo – Lunda Norte/Angola

Chamo-me Rosa Caxita, sou membro e dedico como Auxiliar do grupo coral.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com a peregrinação à Sede Central de África para participar do culto das almas dos nossos antepassados do dia 2 de novembro 2019.

Depois de ultrapassar os sofrimentos que me fizeram procurar a igreja, surgiram constantes conflitos conjugais no lar. Isso durou 7 anos consecutivos.

Devido a isso, tentei algumas vezes colocar a directriz em prática . Assim, passei a ministrar Johrei intensamente nos meus filhos. Mas, quando oferecesse ao meu marido, ele recusava dizendo que é  prática de uma religião satânica. Isso me desmotivava e inflamava os conflitos.

Tudo que eu fazia relacionado à Igreja, para ele era inútil! A única coisa que chamava a sua atenção era a prática do dizimo, que graças a Deus não reclamava. Sempre que recebia o salário, não deixava de separar a décima parte para Deus, e fazia o donativo sem lamúria.

Mas, nem com isso, o conflito deixou de existir. Situação essa que fez-me nutrir vários pensamentos e até cheguei a emagrecer. Pensei em afrouxar nas dedicações e passei assim a frequentar a igreja uma vez ou outra e sempre que isso ocorresse, o conflito só piorava. A purificação acelerou, fiquei perturbada e desorientada, e me perguntava o porquê que quando dedicasse, a situação se agravava e quando parasse piorava.

Graças a Deus, depois de regressar da peregrinação à Sede Central, tudo mudou. Mesmo receosa, ganhei coragem e ofereci Johrei ao meu marido. Desta vez, ele aceitou e recebeu sem reclamar, o que me deixou muito admirada.

Juntos, participamos do culto mensal de gratidão do Johrei Center, e ele ficou muito feliz. Tornou-se frequentador e apoia as minhas dedicações. Fizemos as pazes, pondo fim aos nossos conflitos. Tornamo-nos assim uma equipa, um casal comprometido com a nossa missão de fazer o nosso próximo feliz! Juntos, acompanhamos os membros e frequentadores na minha rede de salvação e ele já está a se preparar para receber o sagrado Ohikari.

Aprendi que nada é impossível quando dedicamos com sinceridade, aprendi também que a fé é confiança.

O meu compromisso é continuar a aprofundar na missão de fazer o meu próximo feliz e colocar em prática a diretriz da fé Messiânica!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação!

A todos que partilharam do meu relato de fé, os meus sinceros agradecimentos!

Muito obrigada!

84 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário